Busca avançada
Ano de início
Entree

Importância de plantas invasoras e de insetos vetores de Xylella fastidiosa na epidemia da clorose variegada dos citros

Processo: 97/06055-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de março de 1998 - 31 de agosto de 2002
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Pesquisador responsável:Sílvio Aparecido Lopes
Beneficiário:Sílvio Aparecido Lopes
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas, Naturais e Tecnológicas. Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças de plantas  Clorose variegada dos citros  Xylella fastidiosa  Plantas daninhas  Insetos vetores  Cigarrinhas 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_10_55_55.pdf

Resumo

A clorose variegada dos citros (CVC) é uma doença importante, de ocorrência epidêmica no Estado de São Paulo, que vem causando severas perdas ao setor citrícola nacional. Plantas afetadas apresentam redução no crescimento, sintomas foliares de deficiência mineral e produção de frutos pequenos e endurecidos, impróprios para o consumo. Enquanto variedades resistentes não se encontram disponíveis para plantio, a poda de ramos sintomáticos tem sido a principal medida de controle adotada. A adoção dessa medida não tem produzido, no entanto, resultados totalmente satisfatórios. A doença vem-se disseminando rapidamente, sendo detectada em 88% dos pomares paulistas oito anos após sua primeira constatação oficial. A CVC é causada pela Xylella fastidiosa, bactéria gram negativa, limitada ao xilema, transmitida entre plantas cítricas por três espécies de cigarrinhas. Da mesma maneira que a estirpe que afeta a videira, a X. fastidiosa dos citros pode estar ocorrendo também em plantas não cultivadas. Por meio de PCR e Elisa, resultados positivos foram obtidos em amostras de 17 espécies diferentes de plantas invasoras, as quais podem estar atuando como reservatórios naturais do patógeno para as plantas cítricas. Isso explicaria, em parte, a pouca eficiência da poda em reduzir o progresso da epidemia. Visando trazer informações que resultem em um controle mais eficiente da doença, o presente projeto de pesquisa tem como principais objetivos: 1) por meio de testes de transmissão por cigarrinhas e inoculações mecânicas artificiais, avaliar a importância de algumas plantas invasoras como reservatórios naturais de Xylella fastidiosa em pomares; 2) por meio de PCR e isolamento, avaliar a ocorrência do patógeno em plantas e vetores coletados no campo; e 3) mediante análise de cluster de fingerprints de DNA gerados por PCR, avaliar o nível de diversidade genética entre isolados eventualmente recuperados de plantas e vetores. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LOPES‚ SA; MARCUSSI‚ S.; TORRES‚ SCZ; SOUZA‚ V.; FAGAN‚ C.; FRANÇA‚ SC; FERNANDES‚ NG; LOPES‚ JRS. Weeds as alternative hosts of the citrus‚ coffee‚ and plum strains of Xylella fastidiosa in Brazil. PLANT DISEASE, v. 87, n. 5, p. 544-549, 2003.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.