Busca avançada
Ano de início
Entree

Controle do risco de intoxicação dos aplicadores de agrotóxicos na cultura do algodão (Gossypium hirsutum L.) com medidas de seguranças individuais e coletivas

Processo: 96/06807-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Cooperação CNPq-FAPESP
Vigência: 01 de fevereiro de 1997 - 31 de janeiro de 1999
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Convênio/Acordo: CNPq - Programa Cooperação CNPq-FAPESP
Pesquisador responsável:Joaquim Gonçalves Machado Neto
Beneficiário:Joaquim Gonçalves Machado Neto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Cotonicultura  Algodão  Medidas de segurança  Segurança do trabalho  Agrotóxicos 

Resumo

Os objetivos deste trabalho foram de avaliar a eficiência de medidas coletivas ou individuais de segurança dos aplicadores de agrotóxicos na cultura do algodão, com os pulverizadores costais manual e motorizado e do tratorista com o pulverizador tratorizado de barra. Como medida de segurança coletiva foi avaliado a eficiência de uma barra vertical afixada atrás do tanque do pulverizador costal manual: passando a aplicação para o lado de trás do corpo do trabalhador. Como medida de segurança individual foi avaliada a eficiência de uma vestimenta de segurança confeccionada com tecido de brim leve hidrorrepelente e antiaderente e de luvas de borracha no controle da exposição dérmica potencial destes trabalhadores. (AU)