Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo clínico do efeito de uma nova formulação de dentifrício líquido com pH reduzido e baixa concentração de flúor na prevenção do aparecimento de novas lesões cariosas

Processo: 05/03975-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de fevereiro de 2006 - 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Odontologia Social e Preventiva
Pesquisador responsável:Marília Afonso Rabelo Buzalaf
Beneficiário:Marília Afonso Rabelo Buzalaf
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Placa bacteriana  Cárie dentária  Flúor tópico  Fluorose dentária  Dentifrício fluorado 

Resumo

Neste estudo clínico randomizado duplo-cego avaliar-se-á o efeito de uma formulação de dentifrício líquido com pH acidulado e baixa concentração de flúor (F) no aparecimento de novas lesões cariosas a na incorporação de F na placa bacteriana. Serão selecionadas 1.050 crianças com idade inicial de 4 anos, as quais serão divididas em 3 grupos com 350 crianças cada, a saber: G1 - as crianças utilizarão dentifrício líquido com 1100 ppm/F pH neutro (controle positivo), G2 - as crianças utilizarão dentifrício líquido com 550 ppm/F pH neutro e G3 - as crianças utilizarão dentifrício líquido com 550 ppm/F pH acidulado. Em cada grupo, as crianças utilizarão os dentifrícios correspondentes durante 24 meses. Avaliação de ceo-s será feita no início do estudo e a cada 12 meses. Após 17 meses do início do estudo serão coletadas amostras de placa bacteriana de uma sub-amostra (n=20) de crianças de cada grupo, 1 e 12 horas após a escovação com os respectivos dentifrícios. A concentração de F nas amostras de placa será analisada com o eletrodo, após difusão facilitada por hexametildisiloxano. Os dados serão analisados por análise de variância e teste de Tukey e por estatística de correlação (p<0,05). Os resultados esperados se constituem no desenvolvimento e teste clínico de uma formulação de dentifrício com concentração reduzida de flúor e pH acidulado, de forma a garantir a sua eficácia no controle da cárie dentária e diminuir o risco de ocorrência da fluorose dentária. Esta formulação será patenteada e poderá ser usada num protocolo de ações do SUS, através do uso racional do dentifrício (técnica da gota), padronizando assim o uso de uma dose segura de flúor para a escovação dentária do público infantil, evitando o desperdício de materiais e de recursos públicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Sorriso branco 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VILHENA, F. V.; OLYMPIO, K. P. K.; LAURIS, J. R. P.; DELBEM, A. C. B.; BUZALAF, M. A. R. Low-Fluoride Acidic Dentifrice: A Randomized Clinical Trial in a Fluoridated Area. Caries Research, v. 44, n. 5, p. 478-484, 2010. Citações Web of Science: 22.
BUZALAF, M. A. R.; VILHENA, F. V.; IANO, F. G.; GRIZZO, L.; PESSAN, J. P.; SAMPAIO, F. C.; OLIVEIRA, R. C. The Effect of Different Fluoride Concentrations and pH of Dentifrices on Plaque and Nail Fluoride Levels in Young Children. Caries Research, v. 43, n. 2, p. 142-146, 2009. Citações Web of Science: 14.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

FORMULAÇÃO DENTIFRÍCIA LÍQUIDA ACIDULADA COM BAIXA CONCENTRAÇÃO DE FLÚOR E SEU USO PI0705195-6 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Universidade de São Paulo (USP) ; Universidade Estadual Paulista (UNESP) . Marília Afonso Rabelo Buzalaf; Alberto Carlos Botazzo Delbem; Fabiano Vieira Vilhena - 01 de novembro de 2007

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.