Busca avançada
Ano de início
Entree

Mobilidade social no Brasil ao final do século XX: tendências, padrões e especificidades segundo grupos sócio-demográficos

Processo: 00/09046-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2000 - 30 de abril de 2002
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economia dos Recursos Humanos
Pesquisador responsável:Paulo de Martino Jannuzzi
Beneficiário:Paulo de Martino Jannuzzi
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Econômicas, Contabéis e Administrativas. Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUC-CAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Análise socioeconômica  Mobilidade social  Mercado de trabalho  Brasil 

Resumo

O objetivo central do projeto é analisar o padrão e intensidade da mobilidade sócio-ocupacional da força de trabalho no Brasil, no contexto das mudanças estruturais da base produtiva e da conjuntura do mercado de trabalho na década de 90. Com base nos dados levantados no suplemento sobre Mobilidade Social da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios de 1996, este projeto de pesquisa se propõe a atualizar os estudos clássicos de Pastore e de Vale Silva, referidos a um contexto muito distinto, de estruturação do mercado de trabalho urbano brasileiro. O trabalho analisará a mobilidade intra-geracional e inter-geracional em uma perspectiva hierárquica (trocas entre categorias sócio-ocupacionais) e em uma perspectiva classe-estrutural (trocas inter-setoriais e entre posições nas ocupações), distinguindo as especificidades do processo para diferentes grupos sócio-demográficos (homens, mulheres, chefes, cônjuges, migrantes, naturais, grupos segundo raça), e avaliando os efeitos da escolarização, da migração rural-urbana e da mudança da estrutura produtiva sobre a mobilidade. Será desenvolvida também uma escala sócio-ocupacional. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.