Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da atividade de extratos das plantas Cassia occidentalis, Caesalpinia férrea, Piper regnellii, Leonotis nepataefolia, Momordica charantia e Mikania glomerata sobre a secreção de mastócitos de rato, hamster e cobaia

Resumo

Nas últimas décadas tem aumentado bastante os mecanismos de combate a alergias como a asma de fundo alérgico. Apesar disto, tem aumentado as taxas de hospitalizações e mortalidade de pacientes asmáticos. Desta forma, novos mecanismos que possam tratar ou evitar estas moléstias são de grande importância. Está bem estabelecido que a ativação de mastócitos por antígenos específicos inicia processos alérgicos conhecidos como reações de hipersensibilidade do tipo I, e assim sendo, o controle da secreção destas células pode também controlar as moléstias como a asma alérgica; ocorre, porém, que os medicamentos conhecidos que tem esta atividade não são suficientemente eficazes, utilizando-se de experiências anteriores, este projeto objetiva estudar a atividade de estratos de plantas popularmente utilizadas como antiasmático e/ou antipluriginoso, sobre a secreção de mastócitos. (AU)