Busca avançada
Ano de início
Entree

Obtenção e caracterização de sistemas de liberação para a quimioterapia tópica do câncer de pele: uso de promotor de absorção e aplicação de iontoforese

Resumo

Este projeto visa ao desenvolvimento de materiais cerâmicos biocompatíveis, revestidos superficialmente com diamante CVD, que atendam aos rigorosos critérios de biocompatibilidade, adaptabilidade e funcionalidade. Serão desenvolvidos materiais cerâmicos avançados, tipicamente compósitos bioativos, tendo como material base uma matriz bioinerte de nitreto de silício (Si3N4). Nesse caso, os materiais contarão com a adição de fases secundárias e agentes de densificação vidrados bioativos do sisterna SiO2-CaO-Na2O. Englobam-se, portanto, nesta proposta, todas as etapas de produção e processamento final dos cerâmicos, sua completa caracterização mecânica e tribológica, buscando-se a otimização de materiais e técnicas usualmente aplicados para a produção dos biomateriais encontrados comercialmente. Pretende- se também investigar a deposição de filmes finos de diamante CVD (Chemical Vapor Deposition) e materiais relacionados sobre essas cerâmicas, avaliando seu potencial emprego em aplicações biomédicas. Em outra vertente, objetiva-se a formação de recursos humanos habilitados nas áreas de engenharia cerâmica e bioengenharia, nucleando grupo de investigação em centros de pesquisa e universidades do Estado de São Paulo, e executando o trabalho proposto no laboratório de materiais cerâmicos da Unesp/Guaratinguetá, interligado por cooperações interdisciplinar e institucional com demais centro de pesquisa da região. (AU)