Busca avançada
Ano de início
Entree

Atualização da biblioteca da divisão de sistemas aeronáuticos do IAE

Processo: 05/03887-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa Infra-estrutura - Faplivros
Vigência: 01 de maio de 2006 - 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Aeroespacial - Sistemas Aeroespaciais
Pesquisador responsável:Olympio Achilles de Faria Mello
Beneficiário:Olympio Achilles de Faria Mello
Instituição-sede: Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE). Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA). Ministério da Defesa (Brasil). São José dos Campos , SP, Brasil
Assunto(s):Helicópteros  Aerodinâmica  Aeronaves  Bibliotecas  Aquisição de materiais  Acervo  Livros  Recursos para a pesquisa 

Resumo

A Divisão de Sistemas Aeronáuticos (ASA) do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) tem sua origem na década de 1950, com os projetos pioneiros do Centro Técnico Aeroespacial (CTA), entre os quais o convertiplano, o helicóptero Beija-Flor e, principalmente, o avião Bandeirante, desenvolvido e fabricado na Divisão e que deu origem à EMBRAER. A ASA foi responsável ainda pelo desenvolvimento do motor automotivo a álcool, posteriormente implantado nas montadoras instaladas no país. Hoje, a ASA tem por atribuições a realização de estudos, pesquisas, projetos, desenvolvimentos e ensaios, em aeronaves e seus sistemas. Atua em desenvolvimentos aeronáuticos, como o Veículo Aéreo Não Tripulado (VANT) e a Turbina Aeronáutica de Pequena Potência (TAPP), estes com apoio da FINEP e parcerias com outras Instituições e com a Indústria, análises de engenharia, principalmente em apoio à Força Aérea Brasileira, e em ensaios aerodinâmicos, estruturais, de propulsão e de sistemas. Para isso, conta com laboratórios singulares no país entre os quais o Túnel Aerodinâmico no. 2, TA-2, maior do país, laboratórios de ensaios de motores alternativos e de turbinas, etc. A ASA está engajada em dois projetos de vulto, em parceria com a EMBRAER e apoio daquela empresa e da FAPESP dentro do programa Parceria para Inovação em Ciência e Tecnologia Aeroespaciais (PICTA): Aplicações Avançadas de Mecânica dos Fluidos Computacional para Aeronaves de Alto Desempenho CFD e Desenvolvimento de Tecnologia de Ensaios Aerodinâmicos Bi- e Tridimensionais para Projeto de Aeronaves de Alto Desempenho. A ASA atua ainda em linhas de pesquisa aplicadas aos vários aspectos da tecnologia aeronáutica, como aerodinâmica experimental, aerodinâmica computacional, aeroelasticidade, dinâmica do vôo, propulsão aeronáutica, etc. O presente projeto tem por objetivo uma atualização do acervo da Biblioteca da Divisão, a fim de apoiar as atividades de pesquisa e tecnológicas nela desenvolvidas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.