Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da instabilidade genômica, por meio da organização tridimensional nuclear de telômeros, na sindrome mielodisplásica (SMD)

Resumo

A avaliação da instabilidade genômica por meio de estratégias que empregam a reconstituição tridimensional nuclear (deconvolução) representa uma abordagem original em neoplasias do sangue (leucemias, linfomas e síndrome mielodisplásica). As alterações gênicas e teloméricas, em nível cromossômico, podem ser avaliadas por meio do estudo citogenético molecular em células neoplásicas. A análise dos cromossomos ilustra as consequências das anormalidades em telômeros, sendo que a origem dessas alterações e seu impacto na instabilidade genômica, com concomitante transformação celular são perguntas a serem respondidas a partir de técnicas que empregam o estudo e quantificação em 3D do núcleo interfásico e suas estruturas subcelulares. Esses dados são independentemente validados com a utilização de métodos que empregam citogenética molecular em cromossomos metafásicos e interfásicos, incluindo cariótipo espectral (SKY) e hibridação in situ quantitativa (qFISH) dos telômeros e genes específicos, respectivamente. Dessa forma, constituem objetivos dessa investigação avaliar e estimar os níveis de instabilidade genômica por meio da disposição, tamanho e frequência dos agregados teloméricos e dos genes AURKA, AURKB e TP53, utilizando-se os métodos de FISH e deconvolução, em pacientes com síndrome mielodisplásica (SMD), comparados às células de indivíduos sadios. A partir dos dados obtidos será estabelecido um modelo de progressão leucêmica na SMD. Ainda no tocante aos objetivos propostos, a inclusão da nova estratégia que emprega a reconstituição tridimensional nuclear permitirá o estabelecimento de novos projetos com grupos de pesquisa que estudam neoplasias, em células humanas e em modelos animais. Assim, será possível a identificação de novas alterações relevantes ao diagnóstico e prognóstico o que, concomitantemente, permitirá o desenvolvimento de estratégias terapêuticas para a neoplasia em estudo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE OLIVEIRA, FABIO MORATO; NUNES RODRIGUES-ALVES, ANA PAULA; LUCENA-ARAUJO, ANTONIO ROBERTO; SILVA, FERDINANDO DE PAULA; DA SILVA, FERNANDA BORGES; FALCAO, ROBERTO PASSETTO. Mantle cell lymphoma harboring Burkitt's-like translocations presents differential expression of aurora kinase genes compared with others 8q abnormalities. MEDICAL ONCOLOGY, v. 31, n. 5 MAY 2014. Citações Web of Science: 0.
DE OLIVEIRA, FABIO MORATO; MIGUEL, CARLOS EDUARDO; LUCENA-ARAUJO, ANTONIO ROBERTO; GOUVEA DE LIMA, ANA SILVIA; FALCAO, ROBERTO PASSETTO; REGO, EDUARDO MAGALHAES. FISH analysis for TET2 deletion in a cohort of 362 Brazilian myeloid malignancies: correlation with karyotype abnormalities. MEDICAL ONCOLOGY, v. 30, n. 1 MAR 2013. Citações Web of Science: 2.
DE OLIVEIRA, FABIO MORATO; LUCENA-ARAUJO, ANTONIO ROBERTO; FAVARIN, MARIA DO CARMO; BONINI PALMA, PATRICIA VIANNA; REGO, EDUARDO MAGALHAES; FALCAO, ROBERTO PASSETTO; COVAS, DIMAS TADEU; FONTES, APARECIDA MARIA. Differential expression of AURKA and AURKB genes in bone marrow stromal mesenchymal cells of myelodysplastic syndrome: correlation with G-banding analysis and FISH. Experimental Hematology, v. 41, n. 2, p. 198-208, FEB 2013. Citações Web of Science: 16.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.