Busca avançada
Ano de início
Entree

Biodiversidade de microalgas de água doce: banco de germoplasma e obtenção de marcadores moleculares das espécies criopreservadas

Processo: 11/50054-4
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Programa BIOTA - Temático
Vigência: 01 de agosto de 2011 - 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Botânica Aplicada
Pesquisador responsável:Armando Augusto Henriques Vieira
Beneficiário:Armando Augusto Henriques Vieira
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Pesquisadores principais:Célia Leite SantAnna
Auxílios(s) vinculado(s):14/13345-9 - 17th workshop of the International Association of phytoplankton taxonomy and ecology (IAP), AR.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):16/08546-0 - Aperfeiçoamento da técnica espectroscopia de infra vermelho por transformada de Fourier (FTIR) na discriminação de microalgas verdes, BP.IC
16/07089-5 - Biogeografia de Selenastraceae (Chlorophyceae, Sphaeropleales): cosmopolitismo e padrão de distribuição sob a luz da sistemática molecular, BP.PD
15/19263-7 - Testes de novos primers para amplificação do gene rbcL em Chlorophyta, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 13/18083-0 - Família Selenastraceae (Chlorococcales): avaliação de potências marcadores moleculares para DNA barcoding e para filogenia dos gêneros Monoraphidium e Ankistrodesmus, BP.PD
13/17742-0 - Introdução aos métodos de congelamento de microalgas: encapsulação-desidratação e imersão direta, BP.IC
13/03979-8 - Perfil dos ácidos graxos em espécies de microalgas de água doce da família Selenastraceae (Chlorophyta) como característica quimiotaxonômica e prospecção de aplicabilidade, BP.DD
12/19520-1 - Biodiversidade de Selenastraceae (microalgas clorococáceas de água doce): características morfológicas, e sequenciamento do 18S rDNA como base taxonômica tradicional para a obtenção do DNA-barcode, BP.DD
11/18327-0 - Criopreservação de germoplasma de microalgas de água doce: desenvolvimento de metodologias, BP.DR
12/00221-4 - Polissacarídeos extracelulares de microalgas: quimiotaxonomia e prospecção de interações em filmes nanoestruturados, BP.DR - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Biodiversidade  Germoplasma  Criopreservação  Germoplasma vegetal  Microalgas  Água doce 

Resumo

A proposição do projeto é iniciar um banco de germoplasma criopreservado em nitrogênio líquido de microalgas de água doce (fitoplanctônicas, mas também tichoplanctônicas, bentônicas e subaéreas), visando à manutenção da biodiversidade desses organismos, juntamente com um banco de informações sobre as espécies. A primeira etapa para efetivação desse objetivo é isolar clones nas UGRHI do Estado de São Paulo, incluindo pontos já referenciados pelo Programa Biota, cultiva-los e inseri-los no acervo das culturas metabolicamente ativas da Coleção de Culturas de Microalgas de Água Doce da UFSCar. Imediatamente após o isolamento, desenvolver protocolos de congelamento visando a transferência progressiva das culturas vivas, incluindo as já existentes, para o "banco" congelado (criopreservação). É também proposto iniciar os estudos para se obter DNA barcodes das espécies criopreservadas, iniciando-se por clorofíceas, mas expandindo a abordagem a outros grupos dos quais já estão sendo obtidos DNA-barcode mais rotineiramente, como diatomáceas e dinoflagelados. Para isso, identificaremos previamente as espécies através de procedimentos da taxonomia tradicional. Embora o "DNA barcoding" esteja já sendo empregado com sucesso para vários grupos de algas não verdes, o mesmo não acontece com as algas verdes, e plantas "superiores", grupo ainda não resolvido quanto à obtenção de um marcador universal, o que demanda pesquisa. Consideramos que o tema é propício para também se iniciar já neste projeto, estudos para a prospecção de moléculas específicas do metabolismo que posam ser biomarcadoras e assim ser utilizados na caracterização taxonômica das espécies a serem congeladas. A abordagem aos biomarcadores será iniciada pelos perfis de ácidos graxos e polissacarídeos extracelulares (composição monomérica e algumas propriedades físicas e químicas), que têm o potencial de serem úteis para delimitar taxa superiores, como ordens e gêneros, mas também, segundo a literatura, espécies. Também iniciaremos em uma etapa posterior uma abordagem, experimental por ser inédita, de análises comparativas por sensores eletrônicos do perfil dos compostos, como biomarcadores, excretados das espécies. Além da utilidade taxonômica, os biomarcadores rendem informações importantes sob o ponto de vista econômico, o que enriquece o banco de informações do acervo congelado. Os resultados esperados são: o aumento substancial do acervo da coleção de culturas metabolicamente ativas que, paulatinamente, passará para o acervo de espécies criopreservadas; a disponibilidade dos clones congelados com importantes informações sobre as espécies; o repasse dos resultados referentes ao DNA-barcode para os data systems BOLO, CaBaL e GenBank, e a criação de um banco com as informações não só das sequências e "primers", mas também sobre o local, como características fisicas e químicas da água, A lista do acervo congelado/ativo será enviada para o banco de dados do projeto Biota. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Oportunidade de Pós-Doutorado em Taxonomia e Biogeografia na UFSCar 

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MATEUS-BARROS, ERICK; MENEGHINE, AYLAN K.; BAGATINI, INESSA LACATIVA; FERNANDES, CAMILA C.; KISHI, LUCIANO T.; VIEIRA, ARMANDO A. H.; SARMENTO, HUGO. Comparison of two DNA extraction methods widely used in aquatic microbial ecology. Journal of Microbiological Methods, v. 159, p. 12-17, APR 2019. Citações Web of Science: 0.
MORI, CILENE CRISTINA; BAGATINI, INESSA LACATIVA; DA SILVA, THAIS GARCIA; PARRISH, CHRISTOPHER CHARLES; HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO AUGUSTO. Use of fatty acids in the chemotaxonomy of the family Selenastraceae (Sphaeropleales, Chlorophyceae). Phytochemistry, v. 151, p. 9-16, JUL 2018. Citações Web of Science: 1.
FREITAS, ROBERTA; VIEIRA, HELENA HENRIQUES; DE MORAES, GUILHERME PAVAN; DE MELO, MICHAELA LADEIRA; HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO AUGUSTO; SARMENTO, HUGO. Productivity and rainfall drive bacterial metabolism in tropical cascading reservoirs. Hydrobiologia, v. 809, n. 1, p. 233-246, MAR 2018. Citações Web of Science: 2.
MELLO, RODRIGO V.; MECCHERI, FABRICIO S.; BAGATINI, INESSA L.; RODRIGUES-FILHO, EDSON; VIEIRA, ARMANDO A. H. MALDI-TOF MS based discrimination of coccoid green microalgae (Selenastraceae, Chlorophyta). ALGAL RESEARCH-BIOMASS BIOFUELS AND BIOPRODUCTS, v. 28, p. 151-160, DEC 2017. Citações Web of Science: 0.
DA SILVA, THAIS GARCIA; BOCK, CHRISTINA; SANT'ANNA, CELIA LEITE; BAGATINI, INESSA LACATIVA; WODNIOK, SABINA; HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO AUGUSTO. Selenastraceae (Sphaeropleales, Chlorophyceae): rbcL, 18S rDNA and ITS-2 secondary structure enlightens traditional taxonomy, with description of two new genera, Messastrum gen. nov. and Curvastrum gen. nov.. Fottea, v. 17, n. 1, p. 1-19, 2017. Citações Web of Science: 3.
DE MORAES, GUILHERME PAVAN; AUGUSTO HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO. Fourier Transform Infrared with Attenuated Total Reflectance Applied to the Discrimination of Freshwater Planktonic Coccoid Green Microalgae. PLoS One, v. 9, n. 12 DEC 26 2014. Citações Web of Science: 1.
BAGATINI, INESSA LACATIVA; EILER, ALEXANDER; BERTILSSON, STEFAN; KLAVENESS, DAG; TESSAROLLI, LETICIA PITON; HENRIQUES VIEIRA, ARMANDO AUGUSTO. Host-Specificity and Dynamics in Bacterial Communities Associated with Bloom-Forming Freshwater Phytoplankton. PLoS One, v. 9, n. 1 JAN 20 2014. Citações Web of Science: 39.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.