Busca avançada
Ano de início
Entree

Inter-relações entre fenologia, nodulação e rendimento da soja, proveniente de sementes tratadas ou não com fungicidas, com e sem aplicação dos micronutrientes Co e Mo

Resumo

O presente projeto de pesquisa visa avaliar, por meio da observação dos componentes da produção da planta, da produtividade agrícola, do teor de proteína e da qualidade fisiológica das sementes, as inter-relações existentes entre os estádios fenológicos da soja, cultivares MG/BR 46 (Conquista) e IAC-18; e o desenvolvimento da nodulação de suas raízes, provenientes de sementes tratadas e não tratadas, com fungicidas e com solução contendo os micronutrientes Co e Mo, ou de plantas pulverizadas com solução desses micronutrientes, em diferentes estádios fenológicos. O projeto constitui-se de três experimentos independentes: o primeiro, a ser conduzido em condições de campo, é delineado inteiramente ao acaso e destina-se à avaliação das inter-relações existentes entre a fenologia da parte aérea da soja e o desenvolvimento dos nódulos radiculares de plantas do cultivar MG/BR 46 (Conquista), em áreas com e sem a aplicação de micronutrientes, constando de 13 tratamentos e 4 repetições. O segundo experimento tem por objetivo avaliar os efeitos de fungicidas sobre o desenvolvimento vegetativo e produtivo da soja, cultivar IAC-18, quanto à toxicidade dessas substâncias sobre as bactérias fixadoras de N2, sobre o desenvolvimento dos nódulos e o rendimento da cultura. Para tanto serão conduzidos dois ensaios independentes, um inteiramente ao acaso (em vasos) e outro em blocos ao acaso (em campo). Em ambos os ensaios serão aplicados 16 tratamentos, repetidos 3 vezes. O terceiro experimento consiste na avaliação de diferentes épocas fenológicas da soja, cultivar IAC-18, para aplicação foliar dos micronutrientes Co e Mo sobre a folhagem de soja, com o objetivo de identificar a época que melhor substitua o tratamento das sementes com solução desses dois micronutrientes. Serão aplicados 9 tratamentos, repetidos 4 vezes. Para os três experimentos, serão avaliadas as seguintes características: estandes inicial e final, desenvolvimento fenológico, altura de planta, número de vagens e de sementes por planta, número de nódulos, massa da matéria seca de nódulos, massa da matéria seca de raízes e de parte aérea, massa de 1000 sementes, produtividade agrícola, teor de proteína e qualidade fisiológica das sementes. (AU)