Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos cognitivos atípicos do benzodiazepínico lorazepam

Processo: 03/00046-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de setembro de 2003 - 31 de agosto de 2007
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Sabine Pompéia
Beneficiário:Sabine Pompéia
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):03/08025-0 - Efeitos cognitivos atípicos do benzodiazepínico lorazepam, BP.JP
Assunto(s):Processos psicológicos  Memória (psicologia)  Ingestão  Fármacos  Benzodiazepinonas  Lorazepam 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_494_335_336.pdf

Resumo

O benzodiazepínico (BZ) lorazepam, após a ingestão de doses únicas por voluntários normais, acarreta efeitos atípicos sobre a percepção visual e a pré-ativação perceptiva ("perceptual" ou "repetition priming") quando comparados a outros compostos da mesma classe de drogas. Não são conhecidas as relações entre esses efeitos, tampouco se estão presentes em usuários crônicos desse medicamento. O presente projeto envolverá dois experimentos: a) aprofundar o conhecimento a respeito dos efeitos agudos desse composto em voluntários normais, através do estudo das relações entre prejuízo de pré-ativação perceptiva e alterações sobre percepção visual (em versões de testes adaptadas para uso no Brasil); e b) verificar se usuários crônicos do lorazepam apresentam ou não tolerância aos efeitos agudos atípicos desse composto, através da verificação de desempenho em testes de pré-ativação perceptiva e percepção visual (que se mostrarem sensíveis a efeitos agudos do lorazepam no primeiro experimento) sincronizados a medidas eletrofisiológicas (através do equipamento NeuroScan e sistema STIM). O desempenho de usuários crônicos de lorazepam será comparado ao de pacientes que, ingerem outro benzodiazepínico cronicamente, bem como a de dois grupos controles normais pareados por sexo, idade e escolaridade, um grupo não medicado e outro tratado com uma dose única de lorazepam. A comparação do desempenho dos grupos de pacientes servirá para determinar se o lorazepam tem efeitos distintos do de outro BZ. A comparação do desempenho dos usuários crônicos aos dos controles sem serem medicados indicarão se esses pacientes desenvolvem tolerância para os efeitos estudados. Além da relevância clínica dos resultados obtidos nas comparações acima, a comparação dos dois grupos controle permitirá avaliar aspectos adicionais de relações entre alterações eletrofisiológicas e psicométricas com um enfoque voltado à investigação teórica de processos cognitivos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
POMPEIA, SABINE; GREGO, BRUNO H. C.; PRADELLA-HALLINAN, MARCIA; HACHUL, HELENA; TUFIK, SERGIO; D'ALMEIDA, VANIA. Acute benzodiazepine administration induces changes in homocysteine metabolism in young healthy volunteers. PROGRESS IN NEURO-PSYCHOPHARMACOLOGY & BIOLOGICAL PSYCHIATRY, v. 33, n. 6, p. 933-938, AUG 31 2009. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.