Busca avançada
Ano de início
Entree

Bioluminescência e atividade farmacológica de cogumelos

Resumo

A bioluminescência de fungos é muito pouca entendida e estudada, apesar de ter sido percebida desde o tempo de Aristóteles. Não se sabe ao certo qual o mecanismo de emissão, nem quais são os substratos e enzimas envolvidos. Da mesma forma, nada se conhece sobre a função biológica da bioluminescência em fungos. De forma similar à bioluminescência de vaga-lumes, cujo estudo possibilitou o desenvolvimento de diversas ferramentas analíticas para os mais distintos propósitos, desde testes rápidos para monitoração de contaminação microbiana de alimentos até o uso do gene luc como repórter em Biologia molecular, o estudo da bioquímica de fungos bioluminescentes pode gerar novos conhecimentos acadêmicos e aplicados, inclusive fornecer informações sobre o significado biológico e ecológico da emissão. Deve-se ainda ressaltar que alguns extratos de cogumelos luminosos, como de Armillariella tabescens, apresentam atividade farmacológica contra colicistite e hepatite crônica e, portanto, a pesquisa de cogumelos bioluminescentes tem grande potencial para a área médica. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Luzes vivas 
Luces vivas 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas (7)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
STEVANI, CASSIUS V.; OLIVEIRA, ANDERSON G.; MENDES, LUIZ F.; VENTURA, FERNANDA F.; WALDENMAIER, HANS E.; CARVALHO, RODRIGO P.; PEREIRA, TATIANA A. Current Status of Research on Fungal Bioluminescence: Biochemistry and Prospects for Ecotoxicological Application. Photochemistry and Photobiology, v. 89, n. 6, p. 1318-1326, NOV 2013. Citações Web of Science: 15.
OLIVEIRA, ANDERSON G.; DESJARDIN, DENNIS E.; PERRY, BRIAN A.; STEVANI, CASSIUS V. Evidence that a single bioluminescent system is shared by all known bioluminescent fungal lineages. PHOTOCHEMICAL & PHOTOBIOLOGICAL SCIENCES, v. 11, n. 5, p. 848-852, 2012. Citações Web of Science: 30.
MENDES, LUIZ FERNANDO; STEVANI, CASSIUS VINICIUS. EVALUATION OF METAL TOXICITY BY A MODIFIED METHOD BASED ON THE FUNGUS GERRONEMA VIRIDILUCENS BIOLUMINESCENCE IN AGAR MEDIUM. Environmental Toxicology and Chemistry, v. 29, n. 2, p. 320-326, 2010. Citações Web of Science: 12.
OLIVEIRA, ANDERSON G.; STEVANI, CASSIUS V. The enzymatic nature of fungal bioluminescence. PHOTOCHEMICAL & PHOTOBIOLOGICAL SCIENCES, v. 8, n. 10, p. 1416-1421, 2009. Citações Web of Science: 31.
MENDES‚ L.F.; BASTOS‚ E.L.; DESJARDIN‚ D.E.; STEVANI‚ C.V. Influence of culture conditions on mycelial growth and bioluminescence of Gerronema viridilucens. FEMS Microbiology Letters, v. 282, n. 1, p. 132-139, 2008.
DESJARDIN‚ D.E.; CAPELARI‚ M.; STEVANI‚ C. Bioluminescent Mycena species from Sao Paulo‚ Brazil. Mycologia, v. 99, n. 2, p. 317-331, 2007.
DESJARDIN‚ DE; CAPELARI‚ M.; STEVANI‚ CV. A new bioluminescent agaric from São Paulo‚ Brazil. FUNGAL DIVERSITY, v. 18, p. 9-14, 2005.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.