Busca avançada
Ano de início
Entree

Energética de morcegos: bases estruturais e significado funcional da taxa metabólica basal

Processo: 00/09968-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de janeiro de 2001 - 31 de dezembro de 2004
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia
Pesquisador responsável:Ariovaldo Pereira da Cruz-Neto
Beneficiário:Ariovaldo Pereira da Cruz-Neto
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):03/04213-7 - Relação entre a dieta e taxa metabólica basal no morcego frugívoro Artibeus lituratus (Chiroptera: Phyllostomidae), BP.MS
03/04421-9 - Taxa metabólica basal e energética da reprodução em cuica, Gracilinanus microtarsus, BP.PD
Assunto(s):Morcegos  Metabolismo basal  Metabolismo animal  Metabolismo energético 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_515_346_347.pdf

Resumo

A taxa metabólica basal (TMB) é frequentemente utilizada como um parâmetro unificador em estudos sobre energética de endotérmicos. A TMB tem sido correlacionada, ou utilizada para predizer, um grande número de processos biológicos, nos mais variados níveis de organização. Todavia, a variabilidade inerente a este parâmetro compromete esta aplicabilidade generalizada. Neste sentido, seria imprescindível determinar as bases estruturais responsáveis por esta variabilidade dentro do contexto na qual a TMB foi utilizada. Além do mais, o real significado funcional da TMB vem sendo motivo de extensos debates, mas estudos que procuraram verificar diretamente esta questão são escassos e incompletos. Portanto, a noção otimista de que a TMB seria um parâmetro unificador necessita de análises mais detalhadas. O presente projeto pretende abordar essa questão, analisando as bases estruturais e o significado funcional da TMB em um grupo de organismos endotérmicos, os morcegos. As bases estruturais serão analisadas em termos de variações na TMB em função das variações na composição corpórea e morfologia interna, as quais serão impostas por meio de variações na qualidade da dieta. Por fim, o possível significado funcional da TMB será analisado procurando correlacionar este parâmetro com taxas de dispêndio de energia, quantificadas em condições naturais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Os pioneiros da América do Sul 
Buenos días, cangurus 

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
VIEIRA, EMERSON M.; DE CAMARGO, NICHOLAS F.; COLAS, PAUL F.; RIBEIRO, JULIANA F.; CRUZ-NETO, ARIOVALDO P. Geographic Variation in Daily Temporal Activity Patterns of a Neotropical Marsupial (Gracilinanus agilis). PLoS One, v. 12, n. 1 JAN 4 2017. Citações Web of Science: 5.
COOPER, C. E.; WITHERS, P. C.; CRUZ-NETO, A. P. Metabolic, ventilatory, and hygric physiology of a South American marsupial, the long-furred woolly mouse opossum. JOURNAL OF MAMMALOGY, v. 91, n. 1, p. 1-10, FEB 2010. Citações Web of Science: 8.
COOPER, C. E.; WITHERS, P. C.; CRUZ-NETO, A. P. Metabolic, Ventilatory, and Hygric Physiology of the Gracile Mouse Opossum (Gracilinanus agilis). PHYSIOLOGICAL AND BIOCHEMICAL ZOOLOGY, v. 82, n. 2, p. 153-162, MAR-APR 2009. Citações Web of Science: 23.
CRUZ-NETO‚ A.P.; GARLAND‚ T.; ABE‚ A.S. Diet‚ phylogeny‚ and basal metabolic rate in phyllostomid bats. ZOOLOGY, v. 104, n. 1, p. 49-58, 2001.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.