Busca avançada
Ano de início
Entree

Nebulosa planetária com resolução espacial: caracterização de (micro) estruturas de baixa ionização

Resumo

Além de suas estruturas de grande escala, identificadas sobretudo na linha proibida de emissão [OIII], muitas nebulosas planetárias têm algumas estruturas de pequena escala que são mais proeminentes em linhas de baixa-ionização, as estruturas de baixa ionização (LIS). As LIS aparecem com uma diversidade de morfologias, nós, caudas, filamentos, jatos e estruturas de baixa ionização parecidas com jatos, em pares opostos ou como traços isolados, ligadas às, ou separados das muitas conchas das nebulosas. Elas se movem com velocidades supersônicas pelos componentes de grande escala em que estão localizadas, ou então com velocidades baixas que não diferem substancialmente da velocidade da nebulosa principal. Graças à alta resolução espacial de muitos telescópios/instrumentos hoje disponíveis, a inclusão desses tipos de estruturas em estudos teóricos voltados para compreender a evolução de estrelas parecidas com o sol, bem como a formação e evolução de PNe e sua interação com o meio interestelar, é imperativa. O principal objetivo do presente projeto é caracterizar as LIS em termos de observações e modelagem teórica. Aqui, pretende-se estudar suas propriedades físicas, químicas e de excitação (com dados ópticos e infravermelhos), usando principalmente instalações de observação brasileiras, como Soar e Gemini. A modelagem teórica será desenvolvida com códigos desenvolvidos por pesquisadores brasileiros (W. Maciel, S. Viegas, R. Gruenwald, V. Jatenco-Pereira, D. Falceta-Gonçalves) e outros. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
LEAL-FERREIRA, M. L.; GONCALVES, D. R.; MONTEIRO, H.; RICHARDS, J. W. Physico-chemical spectroscopic mapping of the planetary nebula NGC 40 and the 2d_neb, a new 2D algorithm to study ionized nebulae. Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, v. 411, n. 2, p. 1395-1408, FEB 2011. Citações Web of Science: 6.
MAGRINI, LAURA; GONCALVES, DENISE R. IC10: the history of the nearest starburst galaxy through its Planetary Nebula and H II region populations. Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, v. 398, n. 1, p. 280-292, Sept. 2009. Citações Web of Science: 37.
GONCALVES, DENISE R.; MAGRINI, LAURA; MUNARI, ULISSE; CORRADI, ROMANO L. M.; COSTA, ROBERTO D. D. Discovery in IC10 of the farthest known symbiotic star. Monthly Notices of the Royal Astronomical Society, v. 391, n. 1, p. L84-L87, NOV 21 2008. Citações Web of Science: 17.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.