Busca avançada
Ano de início
Entree

Observações com o Gemini e o Chandra de Abell 586, um aglomerado relaxado que e uma lente gravitacional forte

Processo: 06/02717-6
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de julho de 2006 - 30 de junho de 2007
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Astronomia - Astrofísica Extragaláctica
Pesquisador responsável:Laerte Sodré Junior
Beneficiário:Laerte Sodré Junior
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Matéria escura  Aglomerados de galáxias 

Resumo

Analisamos o conteúdo de massa do aglomerado de galáxias massivo Abell 586 (z=0.17), que é uma lente gravitacional forte. Usamos dados ópticos (imageamento e espectroscopia) obtidos com o telescópio de 8m Gemini-Norte e o instrumento GMOS, junto com dados públicos de raios-X obtidos com o telescópio espacial Chandra. Empregando diferentes técnicas- distribuição de velocidades das galáxias, lentes gravitacionais fracas e espectroscopia em raios-X espacialmente resolvida- determinamos a massa e a dispersão de velocidades do aglomerado para cada ténica. Todas as estimativas concordam entre si, dentro de um nível de confiança de 68%, indicando uma dispersão de velocidades entre 1000 e 1250 km/s. As distribuições de massa projetada obtidas através de lentes fracas e da emissão de raios-X são notavelmente parecidas, tendo geometria quase circular. Sugerimos que Abell 586 é um aglomerado em equilíbrio, cujo maior evento de fusão importante ocorreu há mais de 4 bilhões de anos. (AU)