Busca avançada
Ano de início
Entree

Papel da via IRS/PI 3-quinase/AKT/MTOR no desenvolvimento tumoral

Processo: 04/06064-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de setembro de 2004 - 31 de agosto de 2008
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:José Barreto Campello Carvalheira
Beneficiário:José Barreto Campello Carvalheira
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):07/06221-8 - Efeito do paclitaxel na via IRS/PI3-quinase/Akt/mTOR em linhagem de adenocarcinoma de mama, BP.MS
Assunto(s):Biologia celular  Peptídeos e proteínas de sinalização intracelular  Fatores de crescimento  Células tumorais  Apoptose  Neoplasias 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_549_364_365.pdf

Resumo

Embora a rede de sinalização intracelular seja altamente complexa e redundante existem obstáculos a essas vias, isto é, existem proteínas onde o sinal converge e se bloqueado pode impedir diversos processos celulares ao mesmo tempo correspondendo às diversas capacidades da célula cancerosa como: autossuficiência de fatores de crescimento, defeito de apoptose, insensibilidade a sinais que inibem o crescimento e metástase. Proteínas adaptadoras, isto é, que se liga a múltiplos elementos de uma cascata de sinalização e coordenam a sinalização celular, bem como quinases intracelulares podem ser candidatos ideais como alvos para o bloqueio da sinalização celular. Nesse sentido a via de sinalização IRS/PI 3-quinase/Akt/mTOR aparece como candidata para o bloqueio de crescimento e indução de apoptose de células tumorais. Assim, o primeiro objetivo desse projeto de pesquisa será caracterizar a via IRS/PI 3-quinase/ Akt/mTOR em diferentes linhagens de células tumorais e em seguida traçar bloqueios em vários níveis da via IRS/PI 3-quinase/Akt/mTOR avaliando apoptose e inibição do crescimento das células tumorais tanto em cultura como em modelos animais pré-clínicos de câncer. Apesar da quimioterapia anticâncer usar potentes indutores de apoptose nem todas as células sucumbem a esse tratamento. Dessa maneira, o segundo objetivo do projeto será investigar os efeitos da associação de inibidores da via IRS/PI 3-quinase/Akt/mTOR com drogas quimioterápicas convencionais na indução de apoptose e inibição do crescimento das células tumorais tanto em cultura como em modelos animais pré-clínicos de câncer. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Convivendo com o câncer