Busca avançada
Ano de início
Entree

Sobre as soluções de natureza dupla dos discos de acresção a duas temperaturas comptonizados por fótons moles externos

Resumo

Analisamos a produção de pares na região mais interna de um disco de acresção a duas temperaturas, comptonizado por fótons moles externos. Mostramos que, se o parâmetro de viscosidade for maior do que um valor crítico ac, a solução para as equações do disco é dupla: uma dominada por advecção, a outra dominada por radiação. Quando o parâmetro de viscosidade é menor ou igual ao crítico, a taxa de acresção deve satisfazer uma dada desigualdade a fim de que se tenha duas soluções estacionárias. Mostra-se que esta desigualdade depende de duas taxas de acresção críticas, que são funções de r, do parâmetro crítico a, e da temperatura, sendo ac uma função de r e da temperatura. Dependendo da combinação dos parâmetros, a solução dominada pela advecção pode não ser fisicamente consistente. Mostra-se, também, que a temperatura eletrônica é máxima no início da instabilidade térmica, da qual resulta a região interna. Estas soluções são estáveis em relação à perturbações na temperatura dos eletrons e densidade dos pares. (AU)