Busca avançada
Ano de início
Entree

Impact of acute inflammation on spinal motoneuron synaptic plasticity following ventral root avulsion

Processo: 10/06043-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de junho de 2010 - 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Alexandre Leite Rodrigues de Oliveira
Beneficiário:Alexandre Leite Rodrigues de Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Microglia  Neurobiologia  Medula espinhal 

Resumo

A avulsão das raízes nervosas ventrais promove a axotomia dos motoneurônios na interface entre o sistema nervoso central e periférico. Como já demonstrado, apesar da intensa reação inflamatória, esta lesão realizada durante o curso da encefalomielite autoimune experimental (EAE) resgata um significativo número de motoneurônios. O presente trabalho teve por objetivo estudar a sobrevivência neuronal, bem como, o processo de eliminação sináptica e a reatividade dos astrócitos e da microglia em relação aos motoneurônios axotomizados através de avulsão da raiz nervosa ventral, durante as fases de surto e remissão da EAE. Para tanto, 15 ratos Lewis fêmeas com 7 semanas de idade foram submetidos à avulsão das raízes ventrais L4-L6. Esses animais foram divididos em 3 grupos: o GRUPO1 - não sofreu indução da doença. Dois grupos foram imunizados com proteína básica de mielina (MBP) associada à Mycobacterium tuberculosis (MT) para a indução da EAE, trinta minutos após a lesão nervosa, sendo o GRUPO2- investigados na fase de surto e o GRUPO3- na fase de remissão. As intumescências lombares foram dissecadas para a realização da imunohistoquímica anti-sinaptofisina (de forma indireta mostra a cobertura sináptica), GFAP (marcador de astrócito) e lba-1 (marcador de micróglia). Adicionalmente, a sobrevivência dos motoneurônios foi avaliada através da coloração de Nissl e contagem dos motoneurônios presentes no núcleo motor dorsolateral da medula lombar na região da lesão. Nossos resultados indicaram que os animais axotomizados com EAE apresentaram menor reatividade da glia, tanto de astrócitos (G1, 1,56±0,06; G2, 0,98±0,10; G3, 1,00±0,11), quanto da microglia (G1, 5,54±0,96; G2, 2,53±0,19; G3, 2,41±0,25). Maior cobertura sináptica (G1, 0,29±0,02; G2, 0,51±0,11; G3, 0,34±0,06) e sobrevivência neuronal em comparação ao animal somente avulsionado (G1, 81,87% ±8,034; G2, 81,87% ± 8,03; G3, 77,37% ± 13,72). Apesar da visão tradicional de que a resposta imune no SNC possa perturbar a delicada rede neuronal, esses dados apontam para um papel neuroprotetor do processo inflamatório durante o surto da doença como demonstrado por Hammarbeg et al.(J Neurosc. 20:5283, 2000) que a expressão de alto nível de fatores neurotróficos das células T e NK, após lesão mecânica de nervo, levou à sobrevivência neuronal. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BARBIZAN, ROBERTA; OLIVEIRA, ALEXANDRE L. R. Research Impact of acute inflammation on spinal motoneuron synaptic plasticity following ventral root avulsion. JOURNAL OF NEUROINFLAMMATION, v. 7, MAY 4 2010. Citações Web of Science: 18.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.