Busca avançada
Ano de início
Entree

A depleção de macrófagos atenua a nefrotoxicidade crônica causada pela ciclosporina A

Processo: 10/06470-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de junho de 2010 - 30 de novembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Emmanuel de Almeida Burdmann
Beneficiário:Emmanuel de Almeida Burdmann
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Fisiopatologia  Nefrotoxicidade  Estresse oxidativo  Ciclosporinas  Óxido nítrico  Macrófagos  Publicações de divulgação científica  Artigo científico 

Resumo

A nefrotoxicidade crônica da ciclosporina A (CsA) é caracterizada pela queda da função renal e desenvolvimento de fibrose intersticial renal. O influxo renal precoce e progressivo de macrófagos tem sido correlacionado ao desenvolvimento de áreas fibróticas intersticiais durante o tratamento com CsA. O presente estudo investigou o papel do macrófago, a via do óxido nítrico e o estresse oxidativo na nefrotoxicidade crônica causada pela CsA. Para tanto, os macrófagos foram depletados com lipossomos de clodronato. Os animais foram distribuídos em 4 grupos a saber: veículo (óleo de oliva por 21 dias), CsA 7,5 mg/kg/dia (21 dias), CsA + clodronato (5 mg/ml ip nos dias -4, 1, 4, 11 e 18 do tratamento de CsA), ou veículo + clodronato. No vigésimo segundo dia de tratamento, foram determinados os parâmetros a seguir: taxa de filtração glomerular renal, fluxo sanguíneo renal, fibrose tubulointersticial renal, nível sanguíneo de CsA, malondialdeído plasmático imuno-histoquímica renal para macrófago, iNOS, TGF-beta, NF-kappa-beta, alfa-actina, vimentina e nitrotirosina. A CsA induziu aumento de macrófagos, prevenido pelo clodronato. A depleção macrofágica atenuou a redução da taxa de filtração glomerular renal e do fluxo sanguíneo renal, o desenvolvimento da fibrose tubulointersticial, o aumento do malondialdeído plasmático e o aumento na expressão de NF-kappa-beta, TGF-beta, vimentina, iNOS e nitrotirosina, induzidos pela CsA. O clodronato não afetou a expressão de alfa-actina e o nível sanguíneo de CsA. O influxo de macrófagos exerce um importante papel na nefrotoxicidade crônica induzida pela CsA. A via do óxido nítrico e do estresse oxidativo são mecanismo envolvidos na gênese do dano renal. (AU)