Busca avançada
Ano de início
Entree

Corpo artista: estratégias de politização

Resumo

Este livro propõe o estudo da possibilidade de politização do corpo e da cena, a partir de estratégias de comunicação que deslocam aquilo que é apresentado como estável e fechado para um campo de instabilidades e permeabilidade característico de todos os fenômenos corporais. A contribuição mais significativa é a discussão sobre processos artístico-culturais de hibridação e seus desdobramentos políticos. Conceitos essencialistas de identidade que ainda hoje informam diversos processos artísticos são abordados de uma perspectiva crítica. Como referência para repensar possíveis interações entre corpo-ambiente na cena, assim como processos de mediação entre culturas apresenta-se a análise de duas estratégias de politização do corpo: o trabalho do grupo de teatro japonês Gekidan Kaitaisha e a pesquisa desenvolvida pelo coreógrafo brasileiro Cristian Duarte que tem criado o que nomeamos de "coletivos temporários". O traço comum observado na trajetória destes criadores está nos modos de dar visibilidade às relações de poder presentes nos ambientes onde atuam. A publicação resulta da dissertação de mestrado elaborada no Programa de Pós-graduação em Comunicação e Semiótica da PUC-SP, cuja pesquisa foi financiada pela FAPESP. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)