Busca avançada
Ano de início
Entree

Viagens de um caminhante solitário: ética e estética na obra de Samuel Rawet

Processo: 10/19703-3
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de abril de 2011 - 31 de março de 2012
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Letras - Literatura Brasileira
Pesquisador responsável:Berta Waldman
Beneficiário:Berta Waldman
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Literatura  Pós-modernidade  Judaísmo  Ética (filosofia) 

Resumo

A obra ficcional de Samuel Rawet é investigada para verificar se é capaz de "abrir a questão ética", superando o caráter retórico da literatura, sem se subordinar à filosofia e sem se tornar porta-voz de qualquer ideal transcendente. Saber se a obra de Rawet abre um acesso ao fundo obscuro da existência, como queria o filósofo Emmanuel Lévinas, se nela vive-se a verdadeira vida que está ausente. Rawet jamais subordinou sua escritura a qualquer escola filosófica, partido político ou agrupamento religioso; nunca se pôs a serviço de qualquer ideal transcendente. Portanto, a sua é uma literatura não-engajada. Não obstante, sua profunda sensibilidade ao apelo do Outro, o imigrante, o pobre, o doente terminal, o solitário, o excluído, aproximam-no essa infinita responsabilidade da qual falam Lévinas e Blanchot. O pano de fundo da obra é a noção de que a literatura é dotada de um duplo potencial - subversivo, capaz de abalar as instituições estabelecidas, e conservador, ferramenta de manutenção da ordem; noção que é partilhada tanto pelos detentores do poder quanto pelos próprios escritores: aqueles, sentindo-se ameaçados, buscam destruir, afastar, neutralizar ou cooptar o escritor; estes, convencidos de que "a pena é mais poderosa do que a espada", acreditam que sua escritura poderá derrubar ditaduras, apressar a revolução mundial, promover a redenção da humanidade, realizar a verdade transcendente. Expansão de tese de doutorado apresentada em 2004. (AU)