Busca avançada
Ano de início
Entree

Figurinhas de brancos e negros: Carlos Julião e o mundo colonial português

Resumo

Carlos Julião (1740-1811) é um militar de origem italiana a serviço do exército português a quem são atribuídos documentos iconográficos conservados em coleções brasileiras e portuguesas. Na medida em que esses documentos incorporam representações de tipos sociais provenientes de várias partes do mundo colonial português, eles ultrapassam o campo estrito do desenho militar e ganham um novo interesse para os estudos da História da Arte. Especialmente no caso do Brasil, as figurinhas desenhadas por Julião precedem o registro dos tipos sociais operado pelos artistas viajantes do século XIX. Este trabalho visa examinar a obra de Julião sob pontos de vista diversos, na tentativa de entendê-la dentro do contexto histórico em que se situa. Dessa forma, recorre-se à reconstituição da trajetória biográfica do autor, ao exame da prática do desenho em Portugal no Setecentos, bem como ao estabelecimento de relações com tradições da representação em vigência na arte européia. Em última instância, esta tese buca encontrar para Julião um lugar no contexto da História da Arte no Brasil colônia. (AU)