Busca avançada
Ano de início
Entree

Efetividade da técnica vestíbulo-lingual em programa de escovação dental supervisionada na prevenção da cárie: um ensaio controlado randomizado

Processo: 11/01494-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Artigo
Vigência: 01 de março de 2011 - 31 de agosto de 2011
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Saúde Pública
Pesquisador responsável:Paulo Frazão S Pedro
Beneficiário:Paulo Frazão S Pedro
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Escovação dentária  Prevenção primária  Cárie dentária  Dente molar 

Resumo

Programas de escovação dental supervisionada com creme dental fluorado têm reduzido os níveis de cárie dentária. Entretanto, não há informação sobre a efetividade da técnica vestíbulo-lingual em uma intervenção comunitária. O objetivo foi avaliar se a técnica vestíbulo-lingual aumenta a efetividade de um programa escolar de escovação dental supervisionada na prevenção da cárie dentária. Métodos. Um ensaio comunitário controlado randomizado duplo-cego para ser analisado em nível individual foi conduzido em área fluoretada (0,7 mgF/L) de baixa renda, do Município de São Vicente, SP, Brasil. Seis unidades públicas de ensino infantil foram distribuídas aleatoriamente para grupos teste e controle e 284 crianças de 5 anos com pelo menos um molar permanente com a superfície oclusal irrompida/hígida participaram. Nas unidades-controle, o programa convencional composto de atividade educativa com distribuição de escova e creme dental fluorado supervisionado diretamente pela auxiliar foi desenvolvido quatro vezes por ano. Nos dias restantes, as crianças escovavam seus dentes sob supervisão indireta dos professores. Nas unidades-teste, as crianças receberam também escovação profissional nas superfícies oclusais desses dentes realizada por auxiliar especialmente treinado empregando-se a técnica de escovação vestíbulo-lingual cinco vezes por ano. Durante 18 meses de seguimento cárie de esmalte/dentina foram registradas nas superfícies vestibular, oclusal e lingual dos molares permanentes. Tempo de exposição das superfícies foi calculado e a razão da densidade de incidência foi estimada usando modelo de regressão de Poisson. Resultados. Diferença de 21,6 lesões/mil crianças entre os grupos controle e teste foi observada. Entre os meninos cujo risco de cárie foi maior comparado as meninas, a densidade de incidência foi 50% menor no grupo teste (p=0,016). Conclusão. O programa de escovação dental supervisionada modificado foi efetivo nos meninos. Um efeito relevante num período mais longo e numa escala populacional maior pode ser esperado sugerindo substancial diminuição nas necessidades de tratamento odontológico nos escolares mais vulneráveis à cárie. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.