Busca avançada
Ano de início
Entree

Aspectos morfológicos e imunohistoquímicos da paracoccidiodomicose, líquen plano e carcinoma mucoepidermóide

Processo: 00/09740-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2000 - 31 de março de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Oslei Paes de Almeida
Beneficiário:Oslei Paes de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Piracicaba (FOP). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Patologia bucal  Glândulas salivares  Paracoccidioidomicose  Carcinoma mucoepidermoide  Líquen plano bucal  Granuloma 

Resumo

As características da reação inflamatória dependem da interação do agente agressor com o hospedeiro. Um mesmo agente agressor pode estimular uma resposta predominantemente celular ou humoral, que pode ser modificada em casos de imunossupressão, com quadros clínicos e microscópicos variáveis. A formação de granulomas representa uma resposta de defesa efetiva do organismo, resultando na presença de poucos microorganismos, como ocorre na hanseníase tuberculóide. A manifestação bucal da paracoccidioidomicose ocorre na forma mucocutânea da doença, com envolvimento inicial dos pulmões, predominantemente em adultos de sexo masculino. Na boca as lesões geralmente envolvem várias áreas simultaneamente, com aspecto granular, eritematoso e ulcerado, chamado de moriforme. Muitas vezes o diagnóstico da doença é feito pelas lesões bucais, e embora os aspectos clínicos sejam bastante sugestivos, geralmente a confirmação é feita por citologia ou biópsia. O quadro microscópico caracteriza-se por hiperplasia pseudoepiteliomatosa, microabscessos intraepiteliais, infiltrado mono e polimorfonuclear, presença de células gigantes e granulomas, além de quantidade variável do fungo na forma de levedura. Embora as características microscópicas sejam bem conhecidas, há poucas descrições quantitativas destes parâmetros, não havendo também descrições detalhadas dos aspectos ultraestruturais das lesões de boca. (AU)