Busca avançada
Ano de início
Entree

Aquisição de um microcomputador para cálculos de hidrodinâmica

Processo: 00/09809-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de dezembro de 2000 - 31 de maio de 2002
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Nuclear
Pesquisador responsável:Frédérique Marie Brigitte Sylvie Grassi
Beneficiário:Frédérique Marie Brigitte Sylvie Grassi
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Relatividade geral  Hidrodinâmica relativística  Interações nucleares  Plasma de quarks e glúons  Colisão de partículas  Cromodinâmica quântica 

Resumo

O projeto tem por objetivo estudar as interações hadron-hadron, hadron-núcleo e núcleo-núcleo a altíssimas energias (GeV ~TeV), com o intuito de esclarecer a estrutura elementar dos hadrons e os mecanismos de reações envolvendo matéria hadrônica formada em colisões desses objetos. Com a análise simultânea e sistemática dos sistemas acima mencionados, pretendemos alcançar uma compreensão unificada de interações hadrônicas. Esta análise se defronta com o problema da descrição de sistemas de muitos corpos fortemente interagentes controlados por uma dinâmica relativística, para a qual uma teoria fundamental e aplicável ainda não está disponível. Dentro deste contexto, é crucial a elaboração de modelos fenomenológicos como um passo intermediário nesta direção. Especificamente, problemas tratados no projeto são: i) descrições de seções de choque (total, elástica, inelásticas e difrativas) e espectros inclusivos de partículas em produção múltipla; ii) correlações de partículas produzidas, intermitência, distribuições de multiplicidade e flutuações; iii) produção e supressão de estranheza e charme na matéria hadrônica; iv) eventos exóticos (Centauros, Chirons etc.); v) descrição da dinâmica de graus de liberdade sub-nucleares e sub-hadrônicas; vi) modelos de hadrons (Skyrmions e sacolas); etc. Entre os diferentes métodos de trabalho para a análise de dados experimentais, dispomos de modelos estatísticos e hidrodinâmicos, de cordas, eikonal, cascatas intranucleares (devendo os parâmetros destes modelos ser entendidos na base da QCD não perturbativa), QCD não relativística, regras de soma da QCD, métodos de muitos corpos aplicados a teorias de campos efetivos, etc. (AU)