Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da eficácia terapêutica da acupuntura na profilaxia da migrânea

Processo: 00/09985-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de janeiro de 2002 - 31 de dezembro de 2003
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Jayme Antunes Maciel Junior
Beneficiário:Jayme Antunes Maciel Junior
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Cefaleia  Transtornos de enxaqueca  Terapia por acupuntura 

Resumo

A migrânea tem uma prevalência a nível mundial variável de 12 a 23% em pessoas acima de 15 anos. A migrânea é uma cefaléia idiopática, freqüente, recorrente, caracterizada por ataques severos de dor de cabeça com duração de 4 a 72 horas, acompanhados de sintomas autonômicos e neurológicos. Atualmente, nas crises de migrânea são usados para o tratamento da dor, analgésicos, antiinflamatórios não hormonais, ergotamínicos e drogas do grupo dos triptanos. Para os pacientes que apresentam duas ou mais crises de migrânea mensalmente, está indicada a profilaxia medicamentosa das crises. No tratamento profilático das crises são usados os seguintes medicamentos: antidepressivos, betabloqueadores adrenérgicos (principalmente o propranolol e nadolol), valproato de sódio, bloqueadores dos canais de cálcio não seletivos (flunarizina), a metisergida, o pizotifeno, a nefazodona e a sertralina. No entanto, até os nossos dias, os medicamentos que são usados na profilaxia da migrânea têm uma eficácia que, em variados ensaios clínicos já realizados, não ultrapassam 60 a 70% (Schoenen & Noordhout 1994). Além disso, os medicamentos usualmente indicados como profiláticos provocam inúmeros efeitos colaterais, contra-indicações e reações adversas em determinados grupos de pacientes. A Acupuntura vem se consolidando cada vez mais como um método terapêutico eficaz no tratamento das mais variadas síndromes dolorosas. Diversos estudos foram feitos no sentido de demonstrar a eficácia desta terapia no tratamento da migrânea, no entanto, por falhas metodológicas não se conseguiu atingir este objetivo. Com esta pesquisa, um ensaio clínico controlado, seguindo normas da Sociedade Internacional de Cefaléia e da OMS, no que se refere aos critérios de classificação das cefaléias e de realização de ensaios clínicos, queremos, finalmente, conseguir estabelecer que lugar deverá ser ocupado pela acupuntura dentro do arsenal terapêutico utilizado na profilaxia da migrânea. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ALECRIM-ANDRADE‚ J.; MACIEL-JÚNIOR‚ JA; CLADELLAS‚ XC; CORREA-FILHO‚ HR; MACHADO‚ HC. Acupuncture in migraine prophylaxis: a randomized sham-controlled trial. CEPHALALGIA, v. 26, n. 5, p. 520-529, 2006.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.