Busca avançada
Ano de início
Entree

Relaxometria e elastografia em aplicações biomédicas

Processo: 04/14993-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de abril de 2005 - 30 de setembro de 2009
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Biomédica
Pesquisador responsável:Antonio Adilton Oliveira Carneiro
Beneficiário:Antonio Adilton Oliveira Carneiro
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Auxílios(s) vinculado(s):10/11847-6 - Visita científica e colaboração em projetos de pesquisa junto ao grupo GIIMUS da FFCLRP/USP e o Centro de Imagem da FMRP/USP, AV.EXT
Bolsa(s) vinculada(s):06/04255-0 - Desenvolvimento e caracterização de um sistema para geração de imagens modo Doppler em amostras com propriedades acústicas equivalentes as do tecido biológico, BP.TT
Assunto(s):Ultrassonografia  Relaxometria  Técnicas de imagem por elasticidade 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_399_281_281.pdf

Resumo

Este projeto apresenta propostas de exploração de novas modalidades de aquisição e processamento de imagens por ressonância magnética e por ultrassom, com o objetivo de explorar novas metodologias quantitativas e não invasivas que possam auxiliar o radiologista nas decisões de diagnósticos. As pesquisas a serem realizadas consistirão no estudo da relaxometria e das propriedades viscoelásticas de tecidos biológicos, principalmente do tecido do cérebro, da mama e do fígado. O estudo da viabilidade e validação das metodologias acima mencionadas será feito através de medidas realizadas em phantoms. A caracterização viscoelástica de tecidos será feita medindo-se a deformação dos tecidos, quando submetidos à força estática e dinâmica. No primeiro caso, a medida será realizada através da correlação entre as linhas de RF adquiridas antes e após a deformação; no caso de força dinâmica, a deformação será medida usando-se ultrassom Doppler. Uma nova metodologia de avaliar as propriedades viscoelásticas dos tecidos está sendo proposta neste projeto e consistirá na medida da variação do campo magnético emitido por pequenos magnetos inseridos no meio material, quando este é excitado por um campo acústico modulado. Este método está sendo denominado de vibroacustomagnetografia. As medidas de raxometria serão feitas com base no protocolo já desenvolvido pelo candidato para a quantificação de ferro em tecido biológico. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BAYER, MATTHEW; HALL, TIMOTHY J.; NEVES, LUCIO P.; CARNEIRO, A. A. O. Two-Dimensional Simulations of Displacement Accumulation Incorporating Shear Strain. ULTRASONIC IMAGING, v. 36, n. 1, p. 55-73, JAN 2014. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Patente(s) depositada(s) como resultado deste projeto de pesquisa

TRANSDUTOR MAGNETO-ACUSTICO PI0902149-3 - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) ; Universidade de São Paulo (USP) . Antonio Adilton Oliveira Carneiro; Oswaldo Baffa Filho; Alexandre Colello Bruno - 29 de setembro de 2009