Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de metodologias alternativas no controle de mosquitos (Diptera: Culicidae) de importância epidemiológica: uso do método ridl (liberação de insetos carregando um gene letal dominante) [... ]

Processo: 05/50225-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de outubro de 2005 - 31 de março de 2010
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Mauro Toledo Marrelli
Beneficiário:Mauro Toledo Marrelli
Instituição-sede: Faculdade de Saúde Pública (FSP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):09/00550-5 - Obtenção de linhagens de mosquitos transgênicos Culex quinquefasciatus carregando um gene letal dominante, BP.TT
06/57272-9 - Determinação da variabilidade genética de Culex quinquefasciatus Say, por análise do DNA ribossômico e mitocondrial, BP.DR
06/52738-0 - Obtenção de linhagens de mosquitos transgênicos Culex quinquefasciatus carregando um gene letal dominante, BP.MS
05/55196-0 - Desenvolvimento de metodologias alternativas no controle de mosquitos (Diptera: Culicidae) de importância epidemiológica: uso do método RIDL (liberação de insetos carregando um gene letal dominante) no controle de mosquitos Culex quinquefasciatus, BP.JP
Assunto(s):Marcador molecular  Genes letais  Mosquitos  Culex quinquefasciatus  Controle de mosquitos  Mosquitos geneticamente modificados  Epidemiologia 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_86_100_100.pdf

Resumo

Este projeto tem como objetivo principal obter linhagens de mosquitos transgênicos Culex quinquefasciatus carregando um gene letal dominante (sistema RIDL), que poderão ser utilizadas no controle desses mosquitos no lugar dos métodos convencionais de esterilização (SIT), como estratégia de eliminar ou reduzir a população vetora local. A integração de um gene letal dominante associado a um promotor específico de fêmea dispensa a etapa de esterilização por radiação. Nesse processo os insetos recebem dieta suplementada com um repressor químico (tetraciclina). A expressão do gene letal dominante é mantida desligada enquanto este repressor é adicionado ao meio das larvas. Para as amostras preparadas para liberação, o repressor é retirado e o gene letal dominante é ativado, causando a morte de todas as fêmeas e, consequentemente, deixando somente machos para liberação. Os machos homozigotos para o gene letal seriam liberados para copular com as fêmeas selvagens. As progênies dessas fêmeas selvagens seriam heterozigotas para o gene letal e morreriam; somente os machos heterozigotos sobreviveriam. Desde que a capacidade de acasalamento dos machos transgênicos produzidos pelo método RIDL é pré-requisito importante para o sucesso do programa, será também necessário estudos de aptidão (fitness) relacionados aos parâmetros de competitividade, tais como acasalamento e sobrevida dos machos RIDL comparados aos machos selvagens dessa espécie. Desse modo, vários experimentos analisando esse comportamento serão também conduzidos. Este projeto também propõe analisar a diversidade populacional de Cx. quinquefasciatus utilizando DNA mitocondrial e ribossômico como marcadores moleculares. (AU)

Publicações científicas (8)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WILKE, ANDRE BARRETTO BRUNO; SCAIFE, SARAH; ALPHEY, LUKE; MARRELLI, MAURO TOLEDO. DsRed2 transient expression in Culex quinquefasciatus mosquitoes. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 108, n. 4, p. 529-531, Jun. 2013. Citações Web of Science: 2.
MORAIS, SIRLEI ANTUNES; DE ALMEIDA, FABIO; SUESDEK, LINCOLN; MARRELLI, MAURO TOLEDO. LOW GENETIC DIVERSITY IN Wolbachia-INFECTED Culex quinquefasciatus (DIPTERA: CULICIDAE) FROM BRAZIL AND ARGENTINA. Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo, v. 54, n. 6, p. 325-329, NOV-DEC 2012. Citações Web of Science: 14.
DEMARI-SILVA, BRUNA; VESGUEIRO, FABIANA TAVARES; MUREB SALLUM, MARIA ANICE; MARRELLI, MAURO TOLEDO. Taxonomic and Phylogenetic Relationships Between Species of the Genus Culex (Diptera: Culicidae) From Brazil Inferred From the Cytochrome c Oxidase I Mitochondrial Gene. Journal of Medical Entomology, v. 48, n. 2, p. 272-279, MAR 2011. Citações Web of Science: 23.
VESGUEIRO, FABIANA TAVARES; DEMARI-SILVA, BRUNA; MALAFRONTE, ROSELY DOS SANTOS; MUREB SALLUM, MARIA ANICE; MARRELLI, MAURO TOLEDO. Intragenomic variation in the second internal transcribed spacer of the ribosomal DNA of species of the genera Culex and Lutzia (Diptera: Culicidae). Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 106, n. 1, p. 1-8, FEB 2011. Citações Web of Science: 18.
DE MORAIS, SIRLEI ANTUNES; MORATORE, CAMILA; SUESDEK, LINCOLN; MARRELLI, MAURO TOLEDO. Genetic-morphometric variation in Culex quinquefasciatus from Brazil and La Plata, Argentina. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 105, n. 5, p. 672-676, AUG 2010. Citações Web of Science: 21.
WALTER CERETTI JUNIOR; DANIEL PAGOTTO VENDRAMI; JOÃO MOLINA GIL; JOSÉ MARIA SOARES BARATA; MAURO TOLEDO MARRELLI. Análise das relações taxonômicas e sistemáticas entre espécies de triatomíneos (Hemiptera, Reduviidae) de colônias mantidas pelo Serviço Especial de Saúde de Araraquara, inferida de seqüências do 16S rDNA mitocondrial. Revista Brasileira de Entomologia, v. 52, n. 3, p. 455-462, Set. 2008.
MARRELLI, MAURO TOLEDO; MALAFRONTE, ROSELY S.; SALLUM, MARIA A. M.; NATAL, DELSIO. Kerteszia subgenus of Anopheles associated with the Brazilian Atlantic rainforest: current knowledge and future challenges. Malaria Journal, v. 6, 2007.
MAURO TOLEDO MARRELLI; MARIA ANICE MUREB SALLUM; OSVALDO MARINOTTI. The second internal transcribed spacer of nuclear ribosomal DNA as a tool for Latin American anopheline taxonomy: a critical review. Memórias do Instituto Oswaldo Cruz, v. 101, n. 8, p. 817-832, Dez. 2006.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.