Busca avançada
Ano de início
Entree

Correlações de poucos corpos em física nuclear e técnicas nucleares aplicadas à engenharia industrial madeireira

Processo: 05/52647-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de novembro de 2005 - 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física Nuclear
Pesquisador responsável:Marcelo Takeshi Yamashita
Beneficiário:Marcelo Takeshi Yamashita
Instituição-sede: Instituto de Física Teórica (IFT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Espectroscopia de raio gama  Indústria madeireira  Engenharia de produção 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_236_185_185.pdf

Resumo

Este projeto está dividido em duas partes. Na primeira parte estudaremos a dinâmica dos sistemas de três e quatro corpos utilizando interações tipo δ-Dirac juntamente com a formulação das equações subtraídas de Faddeev invariantes sob transformações do grupo de renormalização. Um estudo da trajetória dos estados Efimov será feita no contexto de sistemas de três corpos do tipo AAB. Serão feitos cálculos das energias de ligação de estados excitados, raios quadráticos médios e funções de correlação de dois corpos em função das escalas físicas de dois e três corpos no contexto de hipernúcleos do tipo A-hipernúcleo. Será investigada a necessidade da introdução de uma nova escala para o sistema de quatro bósons, independente das escalas de dois e três corpos, na regularização das equações de Faddeev-Yakubovsky em três dimensões. Na segunda parte, estudaremos a composição química de árvores e solos utilizando o cíclotron e o reator do Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN), bem como a infraestrutura do Laboratório do Acelerador Linear e do Laboratório de Análise de Materiais por Feixes Iônicos, ambos da Universidade de São Paulo/SP. A primeira parte consiste em um estudo teórico cujo conteúdo já teve um parecer favorável em um pedido de pós-doutorado FAPESP (04/09251-7) e está inserido no projeto temático FAPESP (03/10525-1). A segunda parte é um estudo experimental relacionado diretamente com os pesquisadores da Unidade Diferenciada de Itapeva envolvendo assim, colaborações interdisciplinares e interinstitucionais. (AU)