Busca avançada
Ano de início
Entree

Solubilidade e disponibilidade de micronutrientes e metais pesados tóxicos em fertilizantes comercializados no Brasil

Processo: 00/10081-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de abril de 2001 - 31 de março de 2003
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Euripedes Malavolta
Beneficiário:Euripedes Malavolta
Instituição-sede: Centro de Energia Nuclear na Agricultura (CENA). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Fertilizantes  Micronutrientes  Nutrientes minerais do solo  Solubilidade  Toxicidade do solo  Metal pesado do solo 

Resumo

É exigida pela Legislação Brasileira a determinação do teor total de micronutrientes presentes em fertilizantes. O fato de se determinar teor total é questionado, pois não indica necessariamente a correlação entre agente e a resposta da planta. Um exemplo disso seria a comercialização de zinco metálico com o rótulo de óxido de zinco. É importante ressaltar também que os fertilizantes são geralmente considerados como fonte antropogênica de metais pesados tóxicos, a partir da matéria prima utilizada no processo de fabricação dos mesmos. Desta forma pode-se admitir que o teor total de micronutrientes e metais pesados em fertilizantes, não seja necessariamente uma medida de disponibilidade. Por outro lado, estudar a solubilidade e disponibilidade dos produtos isolados, não é o mesmo que fazê-Io quando os mesmos estão em formulações. Em vista disso propõe-se desenvolver um projeto para caracterizar a solubilidade e disponibilidade de micronutrientes e metais pesados em 41 amostras de fertilizantes comerciais. Entre elas, incluem-se alguns fertilizantes quelados sintéticos e naturais, que não estão especificados na legislação quanto ao modo de análise. Inicialmente será verificada a solubilidade dos fertilizantes por meio de extratores como: água, citrato neutro de amônio, ácido cítrico a 2%, ácido fórmico ( para fósforo), Mehlich 1, DTPA e DTA. As extrações serão feitas na forma com que o fertilizante é comercializado, podendo ser efetuada a moagem no caso de amostras granuladas. Os resultados das análises serão tratados estatisticamente por meio de comparação das médias, empregando a diferença mínima significativa entre os extratores, a partir das relações extrato r/ produto. A disponibilidade dos micronutrientes e metais pesados, será avaliada em 3 solos de características físico-químicas contrastante: Areia Quartzosa, Latossolo Vermelho Amarelo fase intermediária e Latossolo Roxo ou Terra Roxa Estruturada. Serão usadas 3 doses de cada produto, fornecidas a arroz e feijão, em 2 cultivos. Com os dados obtidos serão feitas: Regressão entre produção de matéria seca e as 3 doses de cada produto, comparação das fontes dos mesmos produtos com os dados de matéria seca, regressão das doses x conteúdo do elemento nas plantas 3 doses e comparação das fontes quanto ao conteúdo. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.