Busca avançada
Ano de início
Entree

Levantamento de dados experimentais para a modelagem de um motor setorial via redes neurais artificiais

Resumo

As principais aplicações das máquinas lineares estão voltadas ao acionamento do sistema ferroviário e metroviário, elevadores, bem como aplicações onde se requer precisão de movimento, como, por exemplo, corações artificiais, sofisticados sistemas de êmbolos acionados mecanicamente e controlados eletronicamente. No entanto, há uma grande variedade de máquinas lineares, cujas aplicações são específicas. E há também topologias construtivas diferentes, sendo que a máquina linear plana é a que tem a configuração mais típica e mais conhecida. Em relação às máquinas rotativas convencionais, as máquinas lineares se caracterizam por apresentarem efeitos de extremidades que conferem maior complexidade ao fluxo que viaja no entreferro e tomam a análise desta máquina mais complicada. Como é imprescindível considerar os efeitos de extremidade na modelagem, fatores adequados foram desenvolvidos por diversos autores. O problema é assegurar-se de que tais fatores possam se aplicar quando a máquina é acionada por inversor, com ampla variação na freqüência de acionamento e sob diversas condições de carga. Via de regra, a máquina linear compõe-se de um enrolamento primário (estator) que é conectado à fonte de alimentação. O secundário, mais freqüentemente a parte móvel da máquina, é, em geral, muito mais longo do que o estator. Este inconveniente, que tornaria um protótipo de laboratório muito caro, é contornado utilizando-se configurações com o secundário em disco ou com o primário em arco. Em ambos os casos, embora estas máquinas sejam, em essência, rotativas, os efeitos de extremidades, que constituem a característica fundamental a ser considerada, se manifestam tanto quanto na máquina verdadeiramente linear. Os motores de indução setoriais, por apresentarem o estator em arco, constituem uma parcela deste vasto campo e podem encontrar aplicações em misturadores, prensas, compressores, ventiladores de grande porte e irrigadores centrífugos. Dada a complexidade da análise requerida, seu estudo ainda é tema de pesquisas, uma vez que um controle mais aprimorado de sua força propulsora se toma inevitável. Não há outra saída que não seja o uso de ferramentas matemáticas mais sofisticadas, como a aplicação de redes neurais à modelagem da máquina. Este projeto compreende o estudo e ensaios experimentais de uma máquina de indução setorial, sob o ponto de vista da obtenção precisa de suas forças propulsoras, utilizando o toolbox de redes neurais do software MATLAB 5.3. Trata-se de um estudo que se entende inédito nessa área de pesquisa e que vem representar uma grande contribuição à tecnologia das máquinas lineares. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)