Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação e caracterização molecular de proteínas quinases de Trypanosoma cruzi para o estudo da comunicação celular, modelagem molecular e desenho de drogas inibidoras: estudo dos parceiros das vias de sinalização focado na invasão de EA

Processo: 07/50551-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Apoio a Jovens Pesquisadores
Vigência: 01 de agosto de 2007 - 31 de dezembro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Biofísica - Biofísica Molecular
Pesquisador responsável:Diana Bahia
Beneficiário:Diana Bahia
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/03352-0 - Caracterização de proteínas quinases relacionadas com a invasão de amastigotas extracelulares (EA) de Trypanosoma Cruzi, BP.TT
10/00687-8 - Caracterização de proteínas quinases relacionadas com a invasão de amastigotas extracelulares (EA) de Trypanosoma Cruzi, BP.TT
09/08921-2 - Caracterização molecular de proteínas sinalizadoras em amastigotas extracelulares de Trypanosoma Cruzi, BP.IC
+ mais bolsas vinculadas 09/10874-2 - Caracterização de proteínas quinases relacionadas com a invasão de amastigotas extracelulares (EA) de Trypanosoma Cruzi, BP.TT
09/07790-1 - Clonagem e expressão de proteínas relacionadas com sinalização em t. cruzi para análise bioquímica e estrutural, BP.IC
08/06467-0 - Identificação de proteínas quinases relacionadas com a invasão de amastigotas extracelulares (EA) de Trypanosoma Cruzi, BP.TT
07/54831-0 - Identificação e caracterização molecular de proteínas quinases de Trypanosoma cruzi para o estudo da comunicação celular, modelagem molecular e desenho de drogas inibidoras: estudo dos parceiros das vias de sinalização focado na invasão de mastigotas extracelulares, BP.JP - menos bolsas vinculadas
Assunto(s):Proteínas quinases  Trypanosoma cruzi  Amastigotes 
Publicação FAPESP:http://media.fapesp.br/bv/uploads/pdfs/Investindo...pesquisadores_59_86_86.pdf

Resumo

As proteínas quinases (PKs) compreendem uma grande família de enzimas que medeiam à resposta de células eucarióticas a estímulos externos. As PKs são moléculas chave em várias vias de transdução de sinal, em eucariotos; estão envolvidas em diferentes cascatas de sinalização que controlam diversos processos biológicos, tais como a adesão, alteração no citoesqueleto, migração, proliferação, diferenciação, comunicação celular e sobrevivência. A doença de chagas é causada pelo tripanosomatídeo Trypanosoma cruzi e afeta 16-18 milhões de indivíduos, matando de 10 a 20% dos infectados na América Latina. Há poucas drogas eficazes disponíveis no mercado e estas são bastante tóxicas. A fim de levar a cabo a total erradicação de sua transmissão no continente americano, a Organização Mundial da Saúde (OMS) lista temas de pesquisa prioritários, entre eles novos alvos de drogas e vacinas. Para alcançar o objetivo, uma estratégia racional de desenho de drogas tem sido desenvolvida, tendo como escopo moléculas envolvidas em transdução de sinal, especificamente PKs. Pouquíssimas PKs foram caracterizadas em T. cruzi, apesar de estar comprovado que vias de sinalização são ativadas quando da invasão do parasita no hospedeiro. O presente projeto visa caracterizar em nível molecular PKs de T. cruzi, notadamente de formas amastigotas extracelulares (EA), bem como achar parceiros nas vias de transdução de sinal destas quinases visando à elucidação dos mecanismos de infectividade de formas EA de T. cruzi. Como evidências mostram que as vias de sinalização destas formas diferem entre cepas e das outras formas do parasita, o estudo mais aprofundado de quinases em EA já se justifica em termos do entendimento da biologia do parasita e sua relação com o hospedeiro. A identificação e caracterização de moléculas sinalizadoras em EA podem constituir uma maneira de se entender o processo biológico e até, futuramente, ser um modelo de como interferir, através de desenho de compostos inibidores, a infectividade desta forma de vida do parasita. Com a recente conclusão dos genomas do chamado complexo 'Tritryps' - Trypanosoma brucei, Trypanosoma cruzi, e Leishmania major - as diretrizes científicas são alteradas e a genômica funcional será indubitavelmente crucial na identificação de alvos proteicos para a realização de genômica estrutural e desenvolvimentos de novos agentes quimioterápicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio:
Pesquisadores identificam novas estratégias de invasão do <em>Trypanosoma cruzi</em> 
Um parasita camuflado 
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.