Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinantes moleculares e celulares da patogenicidade de Escherichia coli Enteroagregativa (EAEC)

Processo: 00/11087-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de maio de 2001 - 30 de abril de 2003
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Pesquisador responsável:Marina Baquerizo Martinez
Beneficiário:Marina Baquerizo Martinez
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas (FCF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Microbiologia médica  Escherichia coli enteropatogênica  Fatores de virulência  Diarreia infantil 

Resumo

Atualmente, as EAEC podem ser divididas em dois grupos. O primeiro compreende sorotipos O: H que ocorrem nos sorogrupos O de EPEC e o segundo, amostras ou sorotipos de outros sorogrupos O de E. coli. O nosso objetivo com relação aos sorotipos do primeiro grupo é caracterizar suas adesinas e toxinas e estudar as suas relações com células de cultura de tecido e, eventualmente, com biópsias intestinais. Os objetivos com as amostras do segundo grupo são praticamente os mesmos, mas antes de persegui-los, deveremos separar as amostras enteropatogênicas das não enteropatogênicas. Para isto, procuraremos determinar a freqüência de variantes moleculares em crianças com diarréia e crianças normais. A caracterização molecular destas variantes será feita por RAPO ou outro método molecular a ser definido. Uma vez caracterizadas, estas variantes serão estudadas com relação a suas estruturas antigênicas e outras características fenotípicas. No sentido de fortalecer os resultados sobre a associação destas variantes com diarréia, investigaremos a resposta sorológica das crianças aos antígenos nelas presentes. (AU)