Busca avançada
Ano de início
Entree

I Pro-Africa Conference

Processo: 10/11244-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Organização de Reunião Científica
Vigência: 18 de outubro de 2010 - 19 de outubro de 2010
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Civil - Construção Civil
Pesquisador responsável:Holmer Savastano Junior
Beneficiário:Holmer Savastano Junior
Instituição-sede: Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA). Universidade de São Paulo (USP). Pirassununga , SP, Brasil
Assunto(s):Brasil  Fibras vegetais  Materiais compósitos  África 

Resumo

Nos últimos anos, com o acréscimo de financiamentos à pesquisa, inúmeros grupos de investigação foram criados nas universidades brasileiras. Com o objetivo de integração entre eles e deles com instituições estrangeiras, foi aprovado pelo CNPQ, no ano de 2008, projeto de pesquisa intitulado "Materiais de construção não convencionais a partir de resíduos agroindustriais contribuição para habitações e infra-estrutura sustentável". O objetivo desse projeto consistia em agrupar várias instituições brasileiras e africanas que desenvolvem pesquisas afins, para formar uma rede de conhecimento sobre o emprego de recursos naturais e resíduos agro-industriais abundantes no país e para criação de novos materiais de construção, tanto para emprego nas edificações urbanas quanto nas construções rurais. Esta integração seria desenvolvida por meio de trabalhos conjuntos dentro de três linhas gerais de pesquisa, nos temas desenvolvimento de materiais e engenharia sustentável: 1- Compósitos cimentícios reforçados com fibras vegetais; 2- Construções com terra crua; 3- Resíduos agro-industriais como adições minerais em materiais cimentícios.Com a missão de apresentar resultados oriundos desse projeto, será realizado no mês de outubro de 2010 a "I Conferência Pró-Africa: materiais de construção não convencionais à base de resíduos agroindustriais" que trata-se de uma iniciativa conjunta, dentro do modelo Sul-Sul de cooperação, de pesquisadores brasileiros e africanos que trabalham com o emprego de recursos naturais e resíduos agro-industriais para criação de novos materiais de construção, tanto para emprego em edificações urbanas como nas construções rurais.Espera-se com esse evento, apresentar novos métodos e materiais construtivos de baixo impacto ambiental, que contribuam com o setor construtivo brasileiro e africano, bem como fomentar a integração de mais pesquisadores de outros grupos afins e oriundos de outras regiões em desenvolvimento do planeta. (AU)