Busca avançada
Ano de início
Entree

Melhoramento da qualidade do reconhecimento e da disponibilidade (SpeedCluster) do Griaule AFIS

Resumo

A Griaule desenvolveu e comercializa um sistema brasileiro de identificação automática de impressões digitais (Automated Fingerprint Identification System - Afis). O software está em uso nos estados de São Paulo, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. Testes conduzidos internamente, baseados nos procedimentos da Universidade de Bologna (Unibo), mostram que, entre 28 concorrentes internacionais, o produto figura na décima posição. O primeiro objetivo do projeto aqui apresentado é melhorar a taxa de reconhecimento do sistema. Adotando-se a métrica Equal Error Rate (EER), bastante aceita, e tomando-se como referência o ranking da Unibo, pretende-se alcançar, em relação àquela taxa, um EER menor que 0,90%. O segundo objetivo é aumentar a disponibilidade do Griaule Afis com o conceito de cluster, garantindo a continuidade do sistema em caso de queda de um dos servidores. A melhoria do reconhecimento envolve o pré-processamento das imagens digitais, o tratamento da distorção e a segmentação das imagens e o uso de informação morfológica, entre outros tópicos. Quanto ao aumento da disponibilidade, prevê-se o desenvolvimento de um esquema de enfileiramento das pesquisas, tolerância a falhas e distribuição de carga. O resultado esperado é um software Afis adequado à realidade brasileira, a um baixo custo e alta qualidade. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Innovación sin fronteras 
Inovação sem fronteiras 
Una empresa desarrolla la biometría para el sistema electoral brasileño 
Matéria(s) publicada(s) na Revista Pesquisa FAPESP sobre o auxílio::
Una tecnología brasileña en el Pentágono 
Una tecnología brasileña en el Pentágono 
Una tecnología brasileña en el Pentágono 
Brazilian technology at the Pentagon 
El cuerpo es la clave 
O corpo é a senha 
Digitais em larga escala 
Digitales a gran escala 
Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Inovação sem fronteiras 
Empresa apoiada pela FAPESP ganha licitação de US$ 75 milhões do Pentágono 
Software de identificação biométrica do TSE foi desenvolvido por startup