Busca avançada
Ano de início
Entree

Joaquim Pedro de Andrade: primeiros tempos

Resumo

O livro estuda a trajetória do cineasta Joaquim Pedro de Andrade, desde as primeiras atividades relacionadas a cinema (participação no cineclube da Faculdade Nacional de Filosofia, na primeira metade dos anos 1950) até a estréia no longa-metragem de ficção com "O padre e a moça" (1966), passando pela realização dos curtas "O mestre de Apipucos e o poeta do Castelo"(1959) e "Couro de gato" (1961) e do documentário de longa-metragem "Garrincha, alegria do povo" (1963). O texto articula análise fílmica e um amplo levantamento de artigos e resenhas sobre os filmes, privilegiando a recepção da imprensa na época das primeiras exibições. É analisada a trajetória do cineasta em sua aprendizagem cinematográfica, através de diferentes procedimentos: a decupagem e a mise-en-scène clássicas em "O mestre de Apipucos e o poeta do Castelo"; o neo-realismo, que já alimentava "O poeta do Castelo", voltando com mais força em "Couro de gato"; o documentário tradicional e moderno em "Garrincha, alegria do povo"; e a crise com as "soluções conhecidas" em "O padre e a moça". (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)