Busca avançada
Ano de início
Entree

O ensino de química no Brasil - 1945/1971

Processo: 11/10424-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Pesquisador responsável:Reginaldo Alberto Meloni
Beneficiário:Reginaldo Alberto Meloni
Instituição-sede: Instituto de Ciências Ambientais, Químicas e Farmacêuticas (ICAQF). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Diadema. Diadema , SP, Brasil
Pesq. associados: André Amaral Gonçalves Bianco ; Luciana Aparecida Farias
Assunto(s):História da educação 

Resumo

Na virada dos séculos XIX/XX, os Gymnasios de São Paulo contavam com grande aparato para o ensino das ciências, tais como, espaços próprios para a realização de práticas (laboratórios para a Química, gabinetes para a Física e Museus de História Natural), pessoal técnico (professores e preparadores de laboratório), materiais diversos (instrumentos científicos, reagentes, vidrarias, coleções de minerais, animais e plantas) etc. Apesar disso, alguns autores consideram que nas primeiras décadas do século XX não havia no Brasil um efetivo ensino de ciências, o que teria acontecido efetivamente apenas após o fim da segunda grande guerra. Este trabalho tem o objetivo de verificar como se desenvolveu o ensino das ciências, em especial da Química, no nível secundário no Brasil durante o século XX. Há trabalhos específicos sobre a história do ensino de Química no nível superior, mas a história da educação no Brasil ainda carece de um estudo sistemático sobre o desenvolvimento do ensino das ciências no nível da educação básica. A hipótese a ser testada é que a apropriação do conhecimento ocorre de forma específica em função do local e do tempo e, portanto, por um lado, havia um efetivo ensino de Química na educação secundária desde o final do século XIX e, por outro lado, a valorização do ensino das ciências estimulada pela competição entre as grandes potências no período da guerra fria, não se refletiu no Brasil a ponto de modificar substancialmente a educação. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)