Busca avançada
Ano de início
Entree

Da periferia ao centro: trajetórias de pesquisa em antropologia urbana em São Paulo

Processo: 11/50888-2
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Publicações científicas - Livros no Brasil
Vigência: 01 de agosto de 2011 - 31 de julho de 2012
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Antropologia - Antropologia Urbana
Pesquisador responsável:José Guilherme Cantor Magnani
Beneficiário:José Guilherme Cantor Magnani
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Etnografia  Metrópoles  Periferia  Tempo livre  Lazer  São Paulo  Livros  Publicações de divulgação científica 

Resumo

A primeira parte do livro, "Linhagens e trajetórias", remete aos antecedentes institucionais, a Escola Livre de Sociologia Política, tributária da Escola de Chicago, em São Paulo e a instituição da cadeira de Antropologia na USP; a gênese de estudos urbanos na FFLCH da USP com Eunice Durham e Ruth Cardoso, minha orientadora no doutorado, o envolvimento de suas pesquisas com os movimentos sociais urbanos e, finalmente, as linhas de trabalho de seus orientandos no campo da antropologia urbana, já consolidada. Em seguida, apresento minha própria trajetória, a começar com o estudo do lazer na periferia tema de meu doutorado (bolsa FAPESP) e do livro Festa no Pedaço (1984) e ponto de partida para as pesquisas posteriores, cujo mote está no título do livro, "Da periferia ao centro". A busca de referências teóricas e a elaboração de categorias de análise e sua aplicação em diferentes recortes, como religiosidade na metrópole, jovens, surdos estão presentes também nas pesquisas de IC, mestrado e doutorado que orientei ao longo desse período (muitos com bolsa FAPESP). Estes três recortes de pesquisa constituem os capítulos da parte II enquanto os desdobramentos de ordem metodológica em busca da especificidade da pesquisa antropológica em contexto urbano constituem o tema da parte III “Etnografia Urbana", que retoma a reflexão sobre pesquisas mais atuais e termina com as perspectivas para sua continuidade. (AU)