Busca avançada
Ano de início
Entree

Memória, narrativa e a dimensão discursiva da experiência escolar

Processo: 11/00051-9
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de janeiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação - Fundamentos da Educação
Pesquisador responsável:Elizabeth dos Santos Braga
Beneficiário:Elizabeth dos Santos Braga
Instituição-sede: Faculdade de Educação (FE). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):13/04764-5 - Memorial escolar: organização de documentos textuais, BP.TT
Assunto(s):Narrativa histórica  Discurso narrativo  Perspectiva  Prática de ensino 

Resumo

O presente projeto de pesquisa visa a articulação da reflexão sobre memória e narrativa, com questões de educação e desenvolvimento, a partir da abordagem histórico-cultural e da perspectiva discursiva e enunciativa. Em nossos estudos, assumimos o discurso e a educação enquanto práticas sociais fundamentais na constituição do psiquismo humano, considerando as condições dessas práticas, buscando apreender modos de participação dos sujeitos na construção coletiva do conhecimento. O trabalho de campo é baseado nas abordagens etnográfica, etnossociológica e nos princípios teórico-metodológicos propostos por Vigotski. Pretendemos enfocar especificamente memórias, narrativas, histórias e experiências de sujeitos que compartilham um espaço escolar (professores, alunos, equipe administrativa e pedagógica, funcionários, pais, outras pessoas da comunidade), numa reflexão sobre o processo de produção de narrativas e sua dimensão dialógica, sobre as práticas sociais na instituição escolar, tentando apreender nos relatos elementos constitutivos próprios de uma memória coletiva e discursiva. No processo de análise, com a contribuição teórico-metodológica da análise francesa de análise do discurso, serão considerados os modos de participação dos sujeitos na instituição escolar e como esta marca esses sujeitos, na construção coletiva e conflituosa da memória, da história. A pesquisa será desenvolvida em uma escola pública do Município de São Paulo, articulada a um projeto de extensão e a uma proposta de intervenção, buscando o estabelecimento de um espaço de interlocução entre os sujeitos envolvidos direta ou indiretamente com a instituição escolar, para que se repensem práticas, relações e o papel da escola na comunidade. (AU)