Busca avançada
Ano de início
Entree

Relação entre doença do fígado gorduroso não alcoólica e alterações metabólicas e funcionais do coração em uma condição crônica de sobrecarga nutricional

Resumo

Trabalhos clínicos recentes sugerem que a doença do fígado gorduroso não alcoólica (NAFLD) é um importante fator de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Entretanto, a natureza destes estudos, tranversais e não experimentais, não permitem conclusões sobre a relação temporal entre NAFLD, metabolismo e função do coração. Assim, o objetivo deste estudo será testar a hipótese que NAFLD é um fator de risco causal para o surgimento de alterações metabólicas e funcionais do coração em uma condição crônica de sobrecarga nutricional. Serão utilizados ratos Wistar machos, com 30 dias de idade, provenientes do Biotério do Laboratório Experimental do Departamento de Clínica Médica, Faculdade de Medicina de Botucatu, Universidade Estadual Paulista - UNESP, São Paulo, Brasil. Os animais serão casualmente divididos para receberem dieta controle (C) ou hipercalórica (H), durante 6, 12 e 24 semanas, perfazendo 6 grupos experimentais independentes (C6, C12, C24, H6, H12, H24; n=15 animais/grupo). Após o sacríficio, serão avaliados indicadores de obesidade e comorbidades associadas. A disfunção do tecido adiposo também será analisada. No tecido hepático, serão caracterizados os indicadores de NAFLD, como esteatose, processo inflamatório e lipotoxicidade. O metabolismo e função do coração serão avaliados, assim como os marcadores de lipotoxicidade cardíaca. Os dados serão expressos por meio de medidas descritivas de posição e variabilidade. A comparação entre os grupos será realizada pela técnica da análise de variância (ANOVA) para o esquema de dois fatores, dieta e tempo, e complementadas com o teste de Tukey. O nível de significância considerado para todas as variáveis será de 5%. (AU)