Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do laser de diodo e do fator de crescimento de fibroblastos no processo de regeneração periodontal após reimplante tardio: análises radiográfica, histológica e imuno-histoquímica em ratos

Processo: 11/09121-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Denise Pontes Raldi
Beneficiário:Denise Pontes Raldi
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Taubaté (UNITAU). Taubaté , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Lia Anbinder ; Erica dos Santos Carvalho ; Márcia Sampaio Campos ; Sandra Márcia Habitante
Assunto(s):Ligamento periodontal  Fatores de crescimento de fibroblastos  Reimplante dentário  Reabsorção radicular  Laser 

Resumo

A busca por protocolos efetivos para reduzir a incidência de reabsorções radiculares e favorecer a reparação do ligamento periodontal perdido ainda representa um grande desafio, tendo em vista o prognóstico desfavorável dos reimplantes dentais tardios. Com o desenvolvimento da terapia de regeneração periodontal, surge uma nova perspectiva para tratamento ou prevenção dessas complicações decorrentes dos reimplantes. O presente estudo tem como objetivo avaliar, por meio das análises radiográfica, histológica e imuno-histoquímica, os efeitos do condicionamento das superfícies radiculares com laser de diodo de alta potência, associados ou não à utilização de fatores de crescimento de fibroblastos (FGF-2), na incidência de reabsorções radiculares externas e no processo de reparo periodontal, em dentes de ratos reimplantados tardiamente. Serão utilizados 70 ratos machos da raça Wistar. Dez animais serão utilizados para treinamento e nos 60 restantes será realizada a extração dos incisivos centrais superiores direitos. Após a extração, os espécimes serão divididos aleatoriamente em 5 grupos (n=12). G1 e G2 serão os controles (sem tratamento para reparação periodontal) e nesses grupos serão realizados, respectivamente, o reimplante imediato e o reimplante tardio (60 minutos após a extração). G3, G4 e G5 receberão tratamento para reparação antes do reimplante tardio: G3 - condicionamento das superfícies radiculares com laser de diodo de alta potência (810 nm, modo contínuo, fibra óptica de 600 µm, 1.5 W, 30 s); G4 - condicionamento da superfície radicular com laser de diodo de alta potência com os mesmos parâmetros do G3 e, em seguida, será aplicado o fator de crescimento de fibroblastos (FGF-2 gel) + matriz de hidroxipropilcelulose sobre toda a superfície radicular; e G5 - será aplicado apenas o FGF-2 gel + matriz de hidroxipropilcelulose da mesma forma que em G4. Após 60 dias do reimplante, os animais serão eutanasiados, as peças serão radiografadas para análise radiográfica e, após, processadas em laboratório para a análise histológica e imuno-histoquímica. (AU)