Busca avançada
Ano de início
Entree

Clonagem molecular de GnRH de Astyanax altiparanae e seu efeito in vivo

Processo: 11/09567-8
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Pesquisador responsável:Maria Ines Borella
Beneficiário:Maria Ines Borella
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Silvana Auxiliadora Bordin da Silva
Assunto(s):Reprodução animal  Peixes  Astyanax  Clonagem 

Resumo

O estudo da reprodução em peixes adquiriu importância nos últimos anos pelas possibilidades de intervenção no processo reprodutivo, especialmente em prol de espécies ameaçadas de extinção. Durante este processo, neurônios hipotalâmicos sintetizam GnRH que, regulado pela Kisspeptina, estimula as células hipofisárias a liberarem FSH e LH, os quais promovem a maturação gonadal. O GnRH, além das funções reprodutivas, apresenta-se como neuromodulador do comportamento sexual. Desta forma, o conhecimento desta molécula com relação à sua isoforma específica hipofisiotrópica para cada espécie pode ser determinante para a eficácia da reprodução. Atualmente são descritas 25 isoformas de GnRH entre invertebrados e vertebrados, sendo geralmente encontradas de duas a três formas de GnRH em um único indivíduo. O GnRH é, ainda, considerado marcador de estudos em evolução, uma vez que os genes codificantes dos GnRHs em vertebrados têm a mesma arquitetura. Desta forma, pretende-se clonar o GnRH em lambari Astyanax altiparanae, espécie sul americana de importância relevante, e, injetando o peptídeo específico obtido, analisar a expressão protéica de LH e a produção de esteróides gonadais. Posteriormente poderá ser feita uma tentativa de melhoria das condições de desova em cativeiro de espécies da mesma ordem (Characiformes), a qual representa grande parte das espécies cultivadas no Brasil, sendo que a maioria destes animais mantidos em cativeiros apresenta dificuldades em reproduzir sem indução hormonal. Desta forma, o trabalho ganha importância nas áreas acadêmica com a sequência gênica do GnRH em animais desta ordem, e ecológica e econômica com possíveis melhorias na prática da piscicultura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHEHADE, CHAYRRA; AMARAL, FERNANDA G.; BRANCO, GIOVANA S.; CASSEL, MONICA; DE JESUS, LAZARO W. O.; COSTA, FABIANO G.; BORDIN, SILVANA A.; MOREIRA, RENATA G.; BORELLA, I, MARIA. Molecular characterization of different preproGnRHs in Astyanax altiparanae (Characiformes): Effects of GnRH on female reproduction. Molecular Reproduction and Development, v. 87, n. 6 MAY 2020. Citações Web of Science: 0.
CASSEL, MONICA; CHEHADE, CHAYRRA; BRANCO, GIOVANA SOUZA; CANEPPELE, DANILO; ROMAGOSA, ELIZABETH; BORELLA, MARIA INES. Ovarian development and the reproductive profile of Astyanax altiparanae (Teleostei, Characidae) over one year: Applications in fish farming. Theriogenology, v. 98, p. 1-15, AUG 2017. Citações Web of Science: 7.
CHEHADE, CHAYRRA; CASSEL, MONICA; BORELLA, MARIA INES. Induced reproduction in a migratory teleost species by water level drawdown. Neotropical Ichthyology, v. 13, n. 1, p. 205-211, JAN-MAR 2015. Citações Web of Science: 7.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.