Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo experimental de transplante hepático large-for-size em animais em crescimento: estudos morfométricos, histológicos e moleculares

Processo: 11/12550-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Cirurgia
Pesquisador responsável:Uenis Tannuri
Beneficiário:Uenis Tannuri
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Pesq. associados:Ana Cristina Aoun Tannuri ; Antonio Jose Gonçalves e Leal ; Luiz Francisco Poli de Figueiredo
Assunto(s):Cirurgia pediátrica  Transplante de fígado 

Resumo

O transplante hepático tem seu papel bem estabelecido no tratamento definitivo das doenças hepáticas terminais na criança. A principal indicação desse procedimento na infância é a atresia das vias biliares (AVB), totalizando 60% dos casos. A AVB caracteriza-se por um processo progressivo de inflamação e esclerose causando obliteração dos ductos biliares e cirrose biliar. Quando é feito o diagnóstico precoce realiza-se a portoenteroanastomose a Kasai na tentativa de restabelecer o fluxo biliar e evitar a progressão da doença.No entanto, aproximadamente 25% das crianças submetidas a esse procedimento e aqueles em que o diagnóstico é tardio evoluem com disfunção hepática grave ainda no primeiro ano de vida associado a desnutrição grave.Desta forma, cada vez mais tem sido indicado transplante em crianças de peso menor, existindo casuísticas com número expressivo de crianças com menos de 5 kg.Nos transplantes realizados entre um doador adulto e um receptor pediátrico, o enxerto é constituído, geralmente, pelo lobo esquerdo ou segmento lateral esquerdo cujas massas médias estão entre 400 a 500 g e 200 a 350 g, respectivamente. A escolha do enxerto é baseada na relação entre a massa do enxerto e o peso do receptor com proporção adequada de 1 até 3%. Com a escassez de doadores, cada vez mais nos deparamos com a necessidade de realização de um transplante entre um doador de 80 a 90 kg para uma criança de 4 a 6 kg. Sabe-se que, se a relação entre o peso do enxerto e o peso do fígado for maior do que 5%, a perfusão sanguínea do enxerto pode ser insuficiente, o que pode levar a disfunção do órgão. Tal situação é conhecida com large-for-size syndrome. Além disso, o volume ocupado pelo enxerto gera dificuldades no fechamento da cavidade abdominal, acarretando síndrome compartimental abdominal.Dentre os modelos animais de transplante hepático, o que utiliza-se porcos apresenta uma série de vantagens como a semelhança anatômica e de tamanho com as estruturas humanas, o que permite, além da realização de estudos científicos, o treinamento técnico. Os objetivos desse trabalho são padronizar um modelo de large-for-size syndrome, realizando transplantes entre porcos com pesos desproporcionais e comparar, por meios de análise bioquímica, histológica e imunoistoquímica, os mecanismos de lesão hepática na situação de large-for-size syndrome com o transplante em animais de tamanho similar.Serão realizados 30 transplantes utilizando 60 animais, 30 doadores e 30 receptores. Metade dos procedimentos será entre animais com peso desproporcional levando a situação large-for-size e a outra metade entre animais com peso similar. Os porcos serão mantidos vivos até 6 horas após a reperfusão. Serão coletadas amostras de sangue para análise bioquímica e serão realizadas biópsias hepáticas 1,3 6 horas após a reperfusão. O material obtido nas biópsias será submetido a análise histológica (lesão de preservação), imunohistoquímica utilizando-se os antígenos PCNA e TUNEL (replicação celular e apoptose) e molecular utilizando o método qRT-PCR para quantificar os genes relacionados a apoptose Bax e Bcl2. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GONCALVES LEAL, ANTONIO JOSE; AOUN TANNURI, ANA CRISTINA; BELON, ALESSANDRO RODRIGO; NUNES GUIMARAES, RAIMUNDO RENATO; MENDONCA COELHO, MARIA CECILIA; GONCALVES, JOSIANE DE OLIVEIRA; SERAFINI, SUELLEN; DE MELO, EVANDRO SOBROZA; TANNURI, UENIS. Effects of ischemic preconditioning in a pig model of large-for-size liver transplantation. Clinics, v. 70, n. 2, p. 126-135, 2015. Citações Web of Science: 8.
GONCALVES LEAL, ANTONIO JOSE; AOUN TANNURI, ANA CRISTINA; BELON, ALESSANDRO RODRIGO; NUNES GUIMARAES, RAIMUNDO RENATO; MENDONCA COELHO, MARIA CECILIA; GONCALVES, JOSIANE DE OLIVEIRA; SOKOL, SUELLEN SERAFINI; DE MELO, EVANDRO SOBROZA; OTOCH, JOSE PINHATA; TANNURI, UENIS. A simplified experimental model of large-for-size liver transplantation in pigs. Clinics, v. 68, n. 8, p. 1152-1156, 2013. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.