Busca avançada
Ano de início
Entree

Perfil e prevalência de autoanticorpos miosite-específicos e miosite-associados na população brasileira com a dermatomiosite/polimiosite

Processo: 11/12700-1
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de setembro de 2011 - 31 de agosto de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Samuel Katsuyuki Shinjo
Beneficiário:Samuel Katsuyuki Shinjo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Reumatologia  Autoanticorpos  Doenças musculares 

Resumo

As miopatias inflamatórias idiopáticas (MII) são um grupo heterogêneo de doença autoimune crônica, sistêmica, associada à alta morbidade e à incapacidade funcional. Considerando as características clínicas e histopatológicas, as MII podem ser classificadas em polimiosite (PM), dermatomiosite (DM), dermatomiosite juvenil (DMJ), miosite por corpúsculo de inclusão (IBM), miosite associada à neoplasia e miosite associada a outras colagenoses. A etiologia tanto da DM como da PM permanece desconhecida, mas acredita-se ser multifatorial envolvendo fatores genéticos, imunológicos e ambientais. Assim, a presença de infiltrados linfocitários no tecido muscular na maioria dos pacientes com MII, bem como de autoanticorpos miosite-específicos ou miosite-associados na circulação e em depósitos nas células endoteliais de vasos sanguíneos detectados nas biópsias musculares, sugerem fortemente o envolvimento de processos imunológicos na patogênese das MII comprometendo a função muscular. Por outro lado, a descrição desses autoanticorpos tem permitido uma melhor caracterização das MII quanto ao diagnóstico, bem como extrapolar suas possíveis associações com manifestações clínicas, imunogenéticas, evolutivas, e de prognóstico. Entretanto, até o presente momento, não há relatos de avaliação do perfil bem como da distribuição destes autoanticorpos na população brasileira com DM / PM e sua associação clínica. Assim, seria de interesse estabelecer uma comparação do padrão de reatividade de nossos pacientes com aquele já descrito em outras populações. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CARDOSO DOS PASSOS CARVALHO, MARIA ISABEL; SHINJO, SAMUEL KATSUYUKI. Frequency and clinical relevance of anti-Mi-2 autoantibody in adult Brazilian patients with dermatomyositis. ADVANCES IN RHEUMATOLOGY, v. 59, JUL 2 2019. Citações Web of Science: 0.
DE SOUZA, F. H. C.; MIOSSI, R.; SHINJO, S. K. Necrotising myopathy associated with anti-signal recognition particle (anti-SRP) antibody. CLINICAL AND EXPERIMENTAL RHEUMATOLOGY, v. 35, n. 5, p. 766-771, SEP-OCT 2017. Citações Web of Science: 3.
AGUILA, LISBETH ARANBICIA; UGOLINI LOPES, MICHELLE REMIAO; PRETTI, FLAVIA ZON; SAMPAIO-BARROS, PERCIVAL DEGRAVA; CARLOS DE SOUZA, FERNANDO HENRIQUE; BORBA, EDUARDO FERREIRA; SHINJO, SAMUEL KATSUYUKI. Clinical and laboratory features of overlap syndromes of idiopathic inflammatory myopathies associated with systemic lupus erythematosus, systemic sclerosis, or rheumatoid arthritis. CLINICAL RHEUMATOLOGY, v. 33, n. 8, p. 1093-1098, AUG 2014. Citações Web of Science: 0.
PINA CRUELLAS, MARCELA GRAN; TRINDADE VIANA, VILMA DOS SANTOS; LEVY-NETO, MAURICIO; CARLOS DE SOUZA, FERNANDO HENRIQUE; SHINJO, SAMUEL KATSUYUKI. Myositis-specific and myositis-associated autoantibody profiles and their clinical associations in a large series of patients with polymyositis and dermatomyositis. Clinics, v. 68, n. 7, p. 909-914, Jul. 2013. Citações Web of Science: 46.
CARLOS DE SOUZA, FERNANDO HENRIQUE; PINA CRUELLAS, MARCELA GRAN; LEVY-NETO, MAURICIO; SHINJO, SAMUEL KATSUYUKI. Síndrome antissintetase: anti-PL-7, anti-PL-12 e anti-EJ. REVISTA BRASILEIRA DE REUMATOLOGIA, v. 53, n. 4, p. 352-357, Ago. 2013. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.