Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização genotípica e fenotípica de cepas de Staphylococcus hyicus provenientes de suínos e isoladas nos últimos 30 anos

Processo: 11/08541-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Pesquisador responsável:Andrea Micke Moreno
Beneficiário:Andrea Micke Moreno
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Epidermite exudativa do suíno  Suínos 

Resumo

Staphylococcus hyicus é o agente causador da epidermite exsudativa em suínos. Esta enfermidade acomete animais em todos os países produtores desta espécie animal e apresenta ampla ocorrência no Brasil. Estudos avaliando a ocorrência deste agente em nosso país datam da década de 70 e 80. Desde então não tem sido realizadas avaliações referentes à presença de toxinas esfoliativas, resistência a antimicrobianos e avaliações do perfil fenotípico e genotípico de isolados nacionais. O presente estudo propõe a caracterização de isolados de S. hyicus provenientes de suínos doentes e sem sinais de epidermite exsudativa, provenientes de uma coleção de 30 anos e de isolados recentes. Os isolados serão caracterizados e comparados quanto ao perfil de utilização de fontes de carbono e provas bioquímicas, perfil de resistência a antimicrobianos, presença de genes codificadores de toxinas esfoliativas, caracterização genotípica através da eletroforese em campo pulsado (PFGE) e do polimorfismo de restrição de fragmentos amplificados (AFLP). Os resultados obtidos permitirão maior conhecimento sobre a disseminação desta espécie bacteriana em nosso meio, além da avaliação das mudanças genotípicas e de resistência a antimicrobianos, ocorridas nestas três décadas. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.