Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da terapia miofuncional orofaríngea sobre a intensidade do ronco, sintomas, anatomia e colapsabilidade da via aérea superior durante a vigília e sono em pacientes com ronco primário e apnéia obstrutiva do sono leve a moderada

Resumo

A apneia obstrutiva do sono (AOS) é um grave problema de saúde pública. Nos casos de ronco primário, AOS leve e moderada não existe um tratamento padrão. Demonstramos recentemente que uma nova terapêutica com exercícios da musculatura orofaríngea (terapia miofuncional orofaríngea) foi capaz de melhorar em 40% a gravidade da AOS moderada (Am.J.Respir.Crit.Care.Med, 2009). No entanto, o tratamento não foi testado em formas mais leves de obstrução de via aérea superior e os mecanismos pelo qual essa nova terapêutica atua não estão esclarecidos. Objetivo: Estudar os efeitos da terapia miofuncional orofaríngea sobre uma série de variáveis clínicas e fisiológicas em pacientes com amplo espectro, incluindo ronco primário, AOS leve e moderada. Método: Estudo prospectivo e randomizado que incluirá 40 pacientes de ambos os sexos com diagnóstico recente de ronco primário (n=16), AOS leve e moderada (n=24) que serão randomizados para 3 meses de terapia miofuncional orofaríngea (lavagem nasal e exercícios orofaríngeos 3 vezes ao dia) ou tratamento placebo (lavagem nasal e uso de dilatador nasal durante o sono). Os pacientes serão avaliados no início e ao final do estudo através de: 1. Polissonografia completa com medição objetiva do ronco; 2. Ressonância Nuclear Magnética (RM) da via aérea superior; 3. Pressão Expiratória Negativa durante a vigília (NEP); 4. Pressão Crítica de Fechamento (PCrit) na Faringe e observação direta da via aérea superior (VAS) durante sono induzido; 5. Força de língua; 6. Questionários subjetivos, incluindo qualidade de sono, ronco e sonolência. Impacto: O estudo permitirá ampliar a indicação da terapia para pacientes com ronco primário e AOS leve. As avaliações anatômicas e funcionais da VAS em vigília e sono permitirão melhor entendimento dos mecanismos pelo qual a terapia miofuncional orofaríngea é efetiva. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Incor comprova eficácia de exercícios fonoaudiológicos no combate ao ronco 
Scientists prove effectiveness of mouth exercises to combat snoring 
La eficacia de los ejercicios fonoaudiológicos en el combate contra los ronquidos 

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
HIRATA, RAQUEL PASTRELLO; KAYAMORI, FABIANE; SCHORR, FABIOLA; MORIYA, HENRIQUE TAKACHI; ROMANO, SALVATORE; INSALACO, GIUSEPPE; GEBRIM, ELOISA; FRANCO DE OLIVEIRA, LUIS VICENTE; GENTA, PEDRO RODRIGUES; LORENZI-FILHO, GERALDO. Influence of interface and position on upper airway collapsibility assessed by negative expiratory pressure. Sleep and Breathing, v. 21, n. 3, p. 631-638, SEP 2017. Citações Web of Science: 0.
HIRATA, RAQUEL P.; SCHORR, FABIOLA; KAYAMORI, FABIANE; MORIYA, HENRIQUE TAKACHI; ROMANO, SALVATORE; INSALACO, GIUSEPPE; GEBRIM, ELOISA M.; FRANCO DE OLIVEIRA, LUIS VICENTE; GENTA, PEDRO R.; LORENZI-FILHO, GERALDO. Upper Airway Collapsibility Assessed by Negative Expiratory Pressure while Awake is Associated with Upper Airway Anatomy. JOURNAL OF CLINICAL SLEEP MEDICINE, v. 12, n. 10, p. 1339-1346, 2016. Citações Web of Science: 8.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.