Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo mínimo da superfície de nanopartículas metálicas e aglomerados para otimização de nanosensores de DNA

Processo: 11/13250-0
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Priscila Pereira Fávero
Beneficiário:Priscila Pereira Fávero
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento (IP&D). Universidade do Vale do Paraíba (UNIVAP). São José dos Campos , SP, Brasil
Pesq. associados:Airton Abrahao Martin ; Lara Kühl Teles ; Leandro José Raniero ; Marcelo Marques ; Renata de Azevedo Canevari
Assunto(s):Nanopartículas  Teoria do funcional da densidade 

Resumo

Apesar das técnicas de síntese e caracterização de nanopartículas terem atingido um estágio de maturação, apresentando aplicações comerciais, a validação das simulações teóricas de tais sistemas ainda é um objeto de debate. Tal realidade é atribuída principalmente ao fato da modelagem implicar na necessidade de se desprezar elementos controversos. A investigação apresentada neste projeto pretende contribuir para a elucidação destas questões, através da proposta de um protocolo para a modelagem de superfícies de nanopartículas metálicas em colóides, e outro, para o estabelecimento de um modelo mínimo de aglomeração de nanopartículas ligadas por DNA, ambos em escala atômica e ainda inexistentes na literatura. Este estudo será realizado via Teoria do Funcional da Densidade implementada nos programas VASP e Gaussian. Uma vez estabelecidos os protocolos, eles serão aplicados, em sinergia com o projeto de síntese de uma nanopartícula metálica funcionalizada com oligonucleotídeo para o diagnóstico do DNA de Paracoccidioides Brasiliensis (FAPESP-2009/09559-5), desenvolvido experimentalmente no Laboratório de Espectroscopia Vibracional Biomédica da Universidade do Vale do Paraíba. Neste contexto, o estudo da superfície da nanopartícula dará o suporte teórico necessário para as interpretações de dados e detalhamento das interações moleculares envolvidas na estabilização e aglomeração de nanopartículas, antes e depois da detecção do DNA. Com o protocolo de modelagem, os constituintes da nanossonda de DNA serão alterados com o intuito de obter um protótipo ótimo de detecção a ser sintetizado pelos demais componentes do grupo, estudantes e colaboradores. O conhecimento acumulado pode ser estendido sem dificuldade ao estudo de nanossondas aplicadas ao diagnóstico de outras doenças. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MACHADO, NEILA; CARVALHO, B. G.; TELLEZ SOTO, C. A.; MARTIN, A. A.; FAVERO, P. P. DFT application for chlorin derivatives photosensitizer drugs modeling. SPECTROCHIMICA ACTA PART A-MOLECULAR AND BIOMOLECULAR SPECTROSCOPY, v. 195, p. 68-74, APR 15 2018. Citações Web of Science: 1.
MACHADO, N. C. F.; DOS SANTOS, L.; CARVALHO, B. G.; SINGH, P.; TELLEZ SOTO, C. A.; AZOIA, N. G.; CAVACO-PAULO, A.; MARTIN, A. A.; FAVERO, P. P. Assessment of penetration of Ascorbyl Tetraisopalmitate into biological membranes by molecular dynamics. COMPUTERS IN BIOLOGY AND MEDICINE, v. 75, p. 151-159, AUG 1 2016. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.