Busca avançada
Ano de início
Entree

Filmes de carbono-tipo diamante (DLC) contendo nanopartículas de diamante cristalino, TiO2 e de AG em sua estrutura para aplicações em superfícies anticorrosivas e bactericidas para o espaço e indústria

Resumo

Este projeto destina-se a atender ao Programa de Inovação Tecnológica em Pequenas Empresas da FAPESP juntamente à empresa Clorovale Diamantes S.A. objetivando-se dar continuidade aos avanços alcançados com as pesquisas e desenvolvimentos em filmes finos de carbono tipo-diamante (Diamond-like carbon, DLC) no Grupo de Diamantes e Materiais Relacionados (DIMARE) do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE, conduzido em projetos temáticos de números 01/11619-4 e 07/00013-4. Desenvolveu-se, pela primeira vez, uma forma de depositar filmes de DLC com nanopartículas incorporadas atribuindo-se propriedades ao DLC, como dureza superior, menor desgaste mecânico, maior resistência à corrosão química, efeito bactericida, etc. Vários trabalhos científicos foram publicados e uma patente foi depositada. Objetiva-se, portanto, mostrar a viabilidade técnica e avançar na viabilidade comercial de produtos e/ou serviços criados a partir dos filmes de DLC contendo nanopartículas de diamante cristalino (NCD-DLC), nanopartículas de dióxido de titânio (TiO2) e de prata (Ag) sobre diferentes tipos de substratos. Três diferentes tipos de dispositivos serão aprofundados. Mostrar-se-á: 1) a viabilidade de aplicação de filmes de NCD-DLC em superfícies de aços diversos, para funcionar como com lubrificante sólido, contra desgaste mecânico e filme protetor contra corrosão química ocasionada por diversos tipos de reagentes, como por exemplo os ácidos, a serem utilizados em diferentes tipos de indústrias, inclusive a petrolífera. 2) a viabilidade de filmes de DLC sobre superfícies metálicas operar como superfícies bactericidas quando nanopartículas de TiO2 e de Ag são incorporadas em sua estrutura. 3) a viabilidade de filmes de NCD-DLC e/ou Ag-DLC sobre ligas de titânio e titânio puro como lubrificante sólido e camada protetora contra corrosão por oxigênio atômico em ambiente espacial, além de demonstrar sua vasta aplicação na área da saúde, onde a Empresa Clorovale Diamantes já tem experiência com alguns produtos que já foram lançados, incluindo alguns com o filme de DLC. (AU)

Matéria(s) publicada(s) no Pesquisa para Inovação FAPESP sobre o auxílio:
Tecnologia amplia aplicações industriais de diamantes sintéticos 
Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre o auxílio:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)