Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo in vivo do laser de Er:YAG em dentes decíduos: análise da eficácia e eficiência na remoção de lesões de cárie, avaliação microbiológica das cavidades preparadas e das restaurações realizadas

Processo: 11/00272-5
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de novembro de 2011 - 31 de outubro de 2013
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Clínica Odontológica
Pesquisador responsável:Silmara Aparecida Milori Corona
Beneficiário:Silmara Aparecida Milori Corona
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Ribeirão Preto (FORP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Pesq. associados:Maria Cristina Borsatto ; Mônica Campos Serra ; Rodrigo Alexandre Valério
Assunto(s):Laser do estado sólido  Odontopediatria  Cárie dentária 

Resumo

A realização de procedimentos que removem menor quantidade de substrato dental sadio, oferecendo maior conforto e menor sensibilidade para pacientes odontopediátricos é um anseio da Odontologia. Assim, o presente estudo tem por objetivo avaliar in vivo o efeito do laser de Er:YAG na eficácia e eficiência de remoção parcial de lesões de cárie, análise microbiológica das cavidades preparadas, análise clínica e fotográfica das restaurações. Oitenta crianças (n= 80) que apresentem pelo menos duas lesões de cárie ativa com cavitação atingindo dentina localizada na superfície oclusal de molares homólogos serão selecionadas. Os dentes de cada criança serão distribuídos aleatoriamente em dois grupos: (I) laser de Er:YAG (250mJ/ 4 Hz para a parcial abertura da cavidade e remoção parcial da lesão de cárie) e (II) método convencional (turbina de alta rotação para remoção do esmalte cavo-superficial e para a remoção parcial do tecido cariado será utilizada turbina de baixa rotação e curetas). A eficiência da remoção parcial da lesão de cárie será avaliada por meio da contagem do tempo, empregando um cronômetro digital. Para análise da eficácia será realizada avaliação visual e tátil com sonda exploradora, da cavidade preparada no qual serão atribuídos os seguintes escores: (A) adequada remoção parcial da lesão de cárie, (B) remoção parcial excessiva de tecido dental e (C) remoção parcial da lesão insuficiente. A análise microbiológica da cavidade preparada será realizada por meio da avaliação da presença de Lactobacillus sp e Streptococcus mutans, obtida de raspas de dentina. As cavidades preparadas serão restauradas empregando o sistema restaurador Adper Single Bond 2 / Filtek Supreme (3M). A análise clínica das restaurações realizadas, serão avaliadas por dois profissionais devidamente calibrados e experientes, utilizando os escores ALPHA, BRAVO, CHARLIE, DELTA, juntamente com as fotografias dos dentes restaurados, obtidas pelo mesmo profissional, 7 dias após o término da restauração, após o polimento final e depois de 1 ano da realização do tratamento. Os dados obtidos serão analisados para escolha do método estatístico adequado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SCATOLIN, RENATA SIQUEIRA; COLUCCI, VIVIAN; LEPRI, TAISA PENAZZO; DE ALEXANDRIA, ADILIS KALINA; MAIA, LUCIANNE COPLE; GALO, RODRIGO; BORSATTO, MARIA CRISTINA; MILORI CORONA, SILMARA APARECIDA. Non-contact profilometry of eroded and abraded enamel irradiated with an Er:YAG laser. Journal of Applied Oral Science, v. 26, p. -, 2018. Citações Web of Science: 1.
VALERIO, RODRIGO ALEXANDRE; BORSATTO, MARIA CRISTINA; SERRA, MONICA CAMPOS; FERNANDES POLIZELI, SILVANA APARECIDA; NEMEZIO, MARIANA ALENCAR; GALO, RODRIGO; AIRES, CAROLINA PATRICIA; DOS SANTOS, ANA CAROLINA; MILORI CORONA, SILMARA APARECIDA. Caries removal in deciduous teeth using an Er:YAG laser: a randomized split-mouth clinical trial. CLINICAL ORAL INVESTIGATIONS, v. 20, n. 1, p. 65-73, JAN 2016. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.