Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de aspectos econômicos e ambientais da produção integrada de bioenergia e alimentos

Processo: 11/13514-7
Linha de fomento:Auxílio à Pesquisa - Regular
Vigência: 01 de outubro de 2011 - 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Joaquim Eugênio Abel Seabra
Beneficiário:Joaquim Eugênio Abel Seabra
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Pesq. associados:Simone Pereira de Souza
Assunto(s):Refinarias  Biocombustíveis  Etanol  Efeito estufa 

Resumo

As biorrefinarias do futuro serão complexos integrados capazes de produzir uma variedade de produtos (e.g. combustíveis, produtos químicos, potência e proteína) a partir de uma variedade de matérias-primas. Complexos integrados vêm sendo propostos para aprimorar a eficiência e buscar sinergia entre a produção de bioenergia e alimentos. Tais complexos podem reduzir o comprometimento de terras destinadas à produção de bioenergia, bem como proporcionar a diversificação e otimização dos sistemas agropecuários. Um exemplo é a integração da produção de biodiesel a uma usina de bioetanol. As vantagens dessa integração podem ser verificadas tanto nos setores agrícola e industrial, como nas áreas administrativa e comercial. Mas a sustentabilidade desses sistemas dependerá dos aspectos ambientais e sócio-econômicos envolvidos. Assim, o objetivo deste projeto é avaliar o desempenho econômico e ambiental da produção integrada de bioenergia e alimentos através de uma biorrefinaria de cana e soja, e comparar esse modelo de produção com o sistema tradicional brasileiro para a produção de etanol. Neste modelo, a soja seria cultivada nas áreas de renovação da cana, e os "produtos" do sistema envolveriam o bioetanol de cana, biodiesel de soja (que é utilizado no próprio cultivo da cana e soja), bioeletricidade, açúcar, farelo de soja e glicerina. Os aspectos ambientais tratados aqui serão o balanço de energia fóssil-renovável e a capacidade de mitigação das emissões de gases de efeito estufa, tendo como base a Avaliação do Ciclo de Vida. Na avaliação econômica será estimado o custo de produção do biodiesel e a rentabilidade associados ao sistema integrado. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, SIMONE P.; GOPAL, ANAND R.; SEABRA, JOAQUIM E. A. Life cycle assessment of biofuels from an integrated Brazilian algae-sugarcane biorefinery. ENERGY, v. 81, p. 373-381, MAR 1 2015. Citações Web of Science: 20.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.